Camarões e Austrália duelam para manter chances de classificação na Copa das Confederações
Hugo Alves | Editoria de Arte da VAVEL Brasil

Só a vitória interessa é o slogan para Camarões e Austrália na Copa das Confederações. Após perderem na estreia, a seleção campeã da África e a seleção campeã da Ásia jogam por sobrevivência no torneio. Os Camarões perderam para o Chile no duro golpe de 2 a 0. Mais animada foi a estreia australiana, que impôs dificuldades contra a atual campeã mundial, a Alemanha. A derrota aos alemães foi pelo marcador de 3 a 2.

Para se manterem vivas no torneio internacional, Camarões e Austrália duelam ao meio-dia desta quinta-feira (22), no Estádio Krestovsky, em São Petersburgo.

Camarões com muito o que corrigir para almejar

Espaçamento entre os zagueiros, botes errados, lances atrasados. Assim a defesa de Camarões se comportou diante do Chile na estreia. Com um festival de chances, os sul-americanos poderiam ter feito um placar mais elástico na primeira rodada. Camarões criou chances somente nas saídas em raros contra-ataques e nas bobeadas em presentes retribuídos pelo Chile.

A segunda etapa até foi melhor, com mais chances criadas, mas o segundo gol deu números finais à estreia. Apesar das falhas defensivas, o técnico Hugo Broos aprovou a atuação de seus jogadores e destacou a diferença entre Camarões e Alemanha. "Nós temos uma equipe jovem que precisa amadurecer. Jogamos com a equipe que é quarta colocada no ranking, 28 posições acima de nós, há uma diferença em qualidade e experiência também".

Conhecida por explorar a velocidade e a explosão de seus atletas, o jogo contra a Austrália será chave para definir o futuro de Camarões na breve competição. "Austrália tem um grande espírito de luta e espero um jogo muito difícil contra eles, que têm um estilo diferente do Chile. Precisamos estar no nosso maior nível, porque se perdermos estaremos fora", analisou Hugo Broos, técnico camaronês.

A campo, o treinador tem a oportunidade de repetir a escalação da estreia. São os 11 camaroneses: Ondoa; Mabouka, Teikeu, Ngadeu e Collins Fai; Anguissa, Djoum e Siani; Bassogog, Aboubakar e Moukandjo.

Austrália espera trazer seu jogo à tona para lutar por classificação

Em um dos jogos disputados para preparação, os australianos sofreram 4 a 0 para o Brasil em amistoso. Na estreia da competição, a perda para Alemanha foi em um score mais apertado, mas ocorreu e desagradou ao técnico Postecoglou, treinador grego que comanda os australianos desde antes da conquista da Copa da Ásia.

"Nós vimos a partida novamente e identificamos os problemas. Nunca projeto um jogo mais fácil de ganhar do que o outro. Se você começar a ver dessa forma, pode perder a oportunidade. Queremos jogar o jogo em nossos termos", afirmou o comandante.

Variante nos esquemas, fica a dúvida de como Postecoglou vai escalar os australianos nesta segunda rodada. No último jogo, embora recuasse sua última linha com até cinco jogadores no esquema, as laterais vazaram e proporcionaram uma Alemanha com amplitude na última parte de seu campo ofensivo. No ataque, o goleiro alemão também colaborou para os tentos anotados pela equipe da terra dos cangurus.

O provável time australiano diante de Camarões tem: Mathew Ryan; Milos Degenek, Sainsbury, Wright; Behich, Aaron Mooy, Milligan, Leckie; Tom Rogic, Tomi Juric, Luongo.

VAVEL Logo