Sánchez atinge marca histórica e Chile fica no empate com Alemanha

Na tarde desta quinta-feira (22), Chile e Alemanha se enfrentaram pela segunda rodada da fase de grupo da Copa das Confederações. Com gols de Alexis Sánchez e Lars Stindi ainda no primeiro tempo da partida, as seleções tentaram, mas terminaram com um empate na Arena Kazan, na Rússia. 

Com o resultado, a seleção chilena segue na liderança do Grupo B, com quatro pontos, assim como a Alemanha continua na segunda colocação, com a mesma quantidade.

Na próxima rodada a Alemanha enfrenta Camarões no Estádio Olímpico de Sochi. Já o Chile enfrenta a Austrália no Estádio do Spartak. Ambos os jogos acontecerão domingo (25) às 12h da manhã.

Chile joga bem e Alemanha empata no final do primeiro tempo

Já nos primeiros minutos a seleção chilena mostrou que não estava para brincadeira. Aos quatro minutos, Alexis Sánchez quase abriu o placar. Um minuto depois, após uma saída errada de Mustafi, o chileno não perdoou e fez o primeiro gol da partida. Apesar disso, a seleção alemã não se abateu e aos 7 minutos Draxler avançou e arriscou de longe, fazendo a bola passar perto do travessão. O Chile porém fortificou-se indo para o ataque. 

Aos 16 minutos, Draxler fez bela jogada individual lançando a boca para Kimmich. O jogador cabeceou, mas a bola terminou nas mãos de Johnny Herrera. Três minutos depois, o Chile quase amplia o placar com Eduardo Vargas. O jogador acertou um forte chute na entrada da área, mas a bola acertou o travessão. Focada no jogo, a seleção chilena com sua rápida troca de passes chegou bem ao ataque, mas a defesa alemã se defendeu como podia.

Aos 31 minutos houve grande lançamento para Sánchez, mas Ter Stegen dominou a bola. Equilibrando o jogo aos 36 minutos, a Alemanha teve chance quando Kimmich fez cruzamento. A defesa latina afastou, mas com a sobra Can finalizou pra fora. Aos 39 minutos houve cruzamento na área do Chile que levou pra escanteio. Aos 40 minutos enfim veio o empate. Após Can iniciar uma jogada, em uma bola desviada, Alemanha empatou a partida com Stindl. Nos acréscimos, Alexis carregou a marcação e finalizou, mas Ter Stegen defendeu.

Alemanha equilibra jogo, mas empate permanece no placar

O Chile começou com a chance de desempatar aos dois minutos quando Alexis cobrou falta. A bola porém foi para fora. Isso não intimidou a seleção de Pizzi que continuou indo ao ataque e se movimentando. Aos sete minutos Beausejour tentou chegada pela esquerda, mas em cruzamento Ter Stegen defendeu. Após a jogada, a Alemanha passou a controlar melhor a posse de bola. Aos 13 minutos Aránguiz cruzou da direita, tocando para Vidal que cabeceou, mas a bola foi por cima da trave.

​A seleção de Pizzi passou a trocar mais passes após os minutos iniciais, mas somente aos 17 minutos Eduardo Vargas voltou a finalizar. O jogador arriscou de trivela, mas a bola foi pra fora. Um minuto depois Alexis Sánchez tomou cartão amarelo após chutar a bola em paralisação e jogada. O Chile fez alteração colocando Paulo Díaz no lugar de Medel. Apesar da alteração, a partida seguiu com equilíbrio de jogo e de posse de bola entre as duas seleções.

Aos 34 minutos, após falta em Kimmich, Beausejour também tomou cartão amarelo. Em falta batida por Draxler, a bola foi pra área mas Ginter desviou de cabeça e a bola foi pra fora. Tentando de qualquer modo indo pro ataque Chile voltou a atacar com Isla que tocou para Sánchez. O jogador tentou a devolução pro lateral mas a bola saiu pela linha de fundo. Nos acréscimos, Can e Alexis tentam desempatar a partida para suas seleções, mas a bola não entrou.

VAVEL Logo