Low enaltece jovem equipe alemã na Copa das Confederações:
“Será algo extraordinário"

Com a vitória de 3 a 1 em cima da seleção camaronesa, a Alemanha terminou a primeira fase da Copa das Confederações de forma invicta. Neste domingo (25), no Estádio Olímpico de Fisht, em Sochi.

Os gols saíram apenas no segundo tempo, uma vez que na etapa inicial, Camarões conseguiu por um ritmo melhor do que os germânicos e por pouco não foi surpreendida. Porém, despertaram após o intervalo e a superioridade técnica prevaleceu. Com este resultado os alemães somam 7 pontos e se asseguram na primeira posição, devido ao empate do Chile.

Demirbay, abriu o placar para a seleção alemã e teve seu propósito alcançado. “Nós realmente não fomos para o jogo na etapa inicial. Meu objetivo depois do intervalo foi a salvação para o nosso jogo. Fomos então muito dominante e levantaram o nosso jogo. Estou muito satisfeito com que fui capaz de correr hoje”, falou o camisa 10.

E o atacante Timo Werner comentou que o gol logo no início e o cartão vermelho aos ajudarão: “Nós apenas tivemos que vencer este jogo a vontade. Sobre meus dois primeiros objetivos, eu estava muito feliz. Foi visto que somos um time muito bom e tem algumas habilidades graves”, disse Werner.

O comandante da seleção alemã Joachim Löw, ponderou que a equipe adversaria teve seus méritos, no primeiro tempo: “Em relação ao início da partida é necessário entender, que as vezes uma equipe com seu treinador, tem a chance de entrar nos duelos. Depois do intervalo, tudo era um pouco diferente: Tivemos o jogo em seguida, absolutamente sob controle. Eu lembrei a equipe durante o intervalo sobre o que nos fez fortes nos últimos dois jogos.” Acrescentou Löw.

Esse domingo também foi marcado para o técnico alemão, 150ª jogos à frente da seleção com sua 100ª vitória.  É o segundo com maior número de partidas, atrás apenas de Sepp Herberger, que soma 167 

“Normalmente, as estatísticas são irrelevantes. 100 vitórias são bonitas e também o jogo internacional 150º. Este fala por um longo tempo com muitos momentos bonitos, mas também algumas lágrimas. Tenho que agradecer também os jogadores, que merecem o meu agradecimento”, declarou.

No jogo da semifinal da Copa das Confederações, a Alemanha pegará o México, segundo colocado do Grupo A. Nesta quinta-feira (29), às 15h (horário de Brasília), em Sochi

VAVEL Logo