Alemanha e México se encaram pela segunda vaga na final da Copa das Confederações

Nesta quinta-feira (29), a Alemanha de Joachim Löw irá enfrentar o México do técnico Carlos Osório pela semifinal da Copa das Confederações 2017. A partida será às 15h, no Estádio Fisht, em Sochi. O vencedor entre as duas equipes irá se classificar para a grande final de domingo (02) já sabendo que terá o Chile como adversário. O árbitro da partida será o argentino Néstor Pitana, auxiliado pelos compatriotas Hernán Maidana e Juan Pablo Belatti.

A Alemanha chega à semifinal da competição com a primeira posição no Grupo B, somando 7 pontos e vencendo as partidas contra Austrália, Camarões e tendo um empate com o Chile. Os alemães estão participando da sua terceira Copa das Confederações e nunca foram campeões do torneio.

Por outro lado, a seleção mexicana treinada por Carlos Osório se classificou com a segunda melhor campanha do Grupo A. O México ficou na segunda posição do grupo A também com 7 pontos, vencendo a Rússia e a Nova Zelândia, mas empatando com Portugal na estreia. É a sétima participação mexicana na Copa das Confederações e foram campeões do torneio em 1999.

Alemanha de Löw terá mudanças na sua equipe principal

(Foto: Alexander Hassenstein/Getty Images)

Com a boa campanha na fase de grupos da competição, a jovem geração da Alemanha se classificou para as semifinais com a primeira colocação no Grupo A. Agora para a partida de semifinal, o técnico Joachim Löw prometeu mudanças na sua equipe principal.

“Até agora, os jogadores que entraram em campo foram bem. Isso nos ajudou em alguns momentos. Não vou botar o mesmo time do jogo contra Camarões, haverá mudanças. Mas temos que esperar o treino”, afirmou o treinador alemão.

Com a dúvida e mistério deixado no ar pelo técnico alemão, ainda não se sabem as mudanças que Löw fará na equipe, tudo depende do último treino dos alemães antes de enfrentarem o México. Dentre as mudanças da equipe em relação ao time que enfrentou a seleção de Camarões na última rodada, estão confirmados como titulares na partida contra o México o goleiro Ter Stegen, o lateral direito Kimmich, o zagueiro Mustafi e o meia Draxler.

O técnico Joachim Löw ainda falou sobre a equipe do México e afirmou que espera uma partida bastante agressiva e elogiou o nível da seleção mexicana. “Estamos felizes por fazer uma semifinal contra um adversário na forma do México. Analisamos nosso jogo contra Camarões e depois começamos a nos preparar para esta partida. O México é um time que corre muito, e tem jogadores rápidos e imprevisíveis. Estão no nível do Chile. Vai ser um jogo agressivo”, garantiu o treinador alemão.

O zagueiro Mustafi, que é um dos mais experientes da seleção mesmo com apenas 25 anos, falou sobre o bom desempenho da equipe mesmo com toda a sua juventude e se mostrou confiante para avançar à final. “Acho que nós realmente temos jogado bem no torneio até aqui. As pessoas pensavam: que seríamos um time fácil pela juventude, mas acho que provamos que elas estavam erradas. Somos um time jovem, faminto, e eu acho que vamos até o fim”, disse o zagueiro que joga no Arsenal.

Confiante e animado, Osório acredita em classificação mexicana

(Foto: Buda Mendes/Getty Images)

No lado do México, apesar de atuações que não convenceram realmente no torneio, a equipe de Osório se mostra bastante confiante e empolgada em relação a semifinal contra a poderosa e jovem Alemanha.

Com um treino bastante descontraído e animado nesta quarta-feira, a equipe mexicana teve diversas brincadeiras e treinou de forma bastante bem humorada. O técnico Osório liberou apenas 15min do treino para a imprensa que presenciaram muitas brincadeiras na roda de bobinho.

O treinador do México só tem dois desfalques garantidos a para a partida. Após se lesionar na última partida contra a Rússia, Salcedo não enfrentará a Alemanha, da mesma forma que Guardado está suspenso e não jogará também. Outra dúvida que fica é sobre o zagueiro Diego Reys que está com problemas físicos. Apesar destas baixas, Osório deve contar com o que tem de melhor na sua seleção.

Sobre a escalação do México para a partida contra a Alemanha ainda é difícil de falar um 11 inicial. Com o costume de Osório de fazer rodízio na sua escalação, é complicado de se imaginar o que o técnico planeja para a partida contra os alemães.

Osório falou sobre a juventude da Alemanha e elogiou a jovem geração da equipe alemã que tem feito grande campanha nesta Copa das Confederações. “Enfrentamos uma nação que pode ser um exemplo a seguir. É diferente ser jovem e ter experiência. Os jogadores entre 22 e 25 anos da Alemanha, todos têm mais de 100 partidas em primeira divisão, todos campeões com seus clubes”, comentou o técnico.

Porém apesar do favoritismo dos alemães e mesmo com a equipe mexicana não convencendo nas suas atuações, o ex-técnico do São Paulo se mostrou confiante garantiu que a sua equipe tem chances de chegar à final. "Teremos todas as possibilidades de jogar contra a Alemanha, independentemente do grupo. Temos possibilidades de representar o futebol mexicano. Estamos querendo aprender com a Alemanha, que é um dos grandes”, exaltou o comandante mexicano.

VAVEL Logo