Contratado pelo Bournemouth, atacante Defoe diz que sua mãe influenciou na escolha

Nesta quinta-feira (29), o Bournemouth anunciou a volta do atacante Jermain Defoe. O inglês, que já havia jogado pelo clube entre 2000 e 2001, admitiu que a ida para os Cherries só aconteceu depois que sua mãe deu o aval sobre a transferência.

Defoe disse que ele e sua família têm acompanhado as últimas temporadas do Bournemouth e que seu retorno ao time é um prazer: "Nós sempre esperamos que em algum momento eu teria a oportunidade de representar esse clube novamente. Foi uma época especial para mim aqui quando era mais novo. É realmente um sonho voltar, e espero ir bem".

O atacante falou sobre como sua família gosta do clube e apoiaram a assinatura do inglês com o Bournemoth: "É ótimo para mim e para minha família. Meus pais costumavam vir a todo jogo que acontecia aqui. Quando essa oportunidade chegou, olhei para minha mãe e sabia que era o certo. Ela estava muito animada".

O jogador, que já tem 34 anos, usou uma cláusula de seu contrato com o Sunderland que permitia que ele saísse de graça se o clube fosse rebaixado, o que de fato aconteceu. Agora, após 17 anos e passagem por cinco clubes, entre eles Tottenham e West Ham, está de volta ao segundo time em que jogou como profissional: "Eles não precisaram descrever a instituição para mim. É uma situação única porque já estive aqui antes. É onde fiz meu nome".

Perguntado sobre os recordes que ele construiu no clube, como marcar 10 gols em partidas consecutivas, Defoe afirmou que tentará quebrá-los: "Tenho que tentar e fazer de novo! Foi isso que me impulsionou na carreira. Eu estou entrando em um bom time, e é importante que eu participe e tente melhorar a equipe. Se eu puder marcar mais gols, todos ficarão felizes".

Além disso, o atacante falou sobre a possibilidade de disputar a Copa do Mundo em 2018, visto que chegou a ser convocado na última temporada pela primeira vez em três anos: "Voltar à seleção inglesa é um mérito. Temos uma longa temporada pela frente e eu tenho que ir bem, mas se for o caso, e eu conseguir me encaixar no elenco seria incrível. Já joguei em uma Copa antes, e não há sentimento melhor".

Defoe jogou 40 jogos pelo Sunderland na última temporada, e marcou 15 gols pelo clube. Agora, se reúne ao Bournemouth e busca melhorar o nível da equipe, que terminou a Premier League na nona colocação.

VAVEL Logo