Löw exalta 'espírito vencedor' da Alemanha após conquista da Copa das Confederações

A tetracampeã mundial Alemanha venceu o Chile, por 1 a 0, na final da Copa das Confederações, realizada neste domingo (2), na Arena Zenit, em São Petersburgo. O único tento do jogo foi marcado por Lars Stindl, graças a uma falha de Marcelo Díaz.

O técnico Joachim Löw veio ao torneio disputado na Rússia sem suas principais estrelas, já pensando na renovação da Seleção Alemã. Com a conquista, os germânicos repetem o feito da Seleção Brasileira (1995 e 2005) e da Seleção Francesa (2001), que conquistaram a Copa do Mundo logo após vencerem o mundial.

"Em brincadeira, poderíamos dizer que agora temos que pensar sobre qual dos jogadores que deixamos em casa, ainda podemos adicionar a esta equipe no próximo ano. Sério, porém, criamos alternativas, dando experiência aos jovens jogadores em tais jogos como aconteceu Aqui. Ganhar aqui e na Euro Sub-21 não garante a Copa do Mundo no próximo ano. A Alemanha sempre pertence aos favoritos e nós seremos capazes de lidar com isso", disse Löw.

+ Alemanha passa sobre favorita Espanha e conquista bicampeonato do Europeu Sub-21

O comandante alemão não poupou os elogios ao time, que tem um entrosamento de três semanas. "Estou extremamente orgulhoso desta equipe, que só tem jogado juntos há três semanas e meia agora. Não importa se estava em treinamento ou durante as partidas, você sentiu um espírito vencedor. É por isso que sinto que foi merecido. Para nós e nossos jovens jogadores, foi um jogo um tanto mágico. Quanto queríamos que a vitória me impressionasse profundamente".

Löw ainda explicou que agora cada jogador tem uma posição melhor do que antes da Copa das Confederações“Absolutamente atingimos o nosso objetivo, não só o direito, mas também porque queríamos desenvolver cada jogador. Conseguimos. Para defender o título na Copa do Mundo é algo maior e mais difícil. Em casa temos toda uma série de jogador muito forte”, ressaltou.

+ Comissão técnica e jogadores da Alemanha celebram conquista da Eurocopa sub-21

Por fim, o técnico mencionou a atual posição da campeã do mundo"Antes do jogo, Arturo Vidal disse que ganhar este troféu significaria que eles são a melhor equipe do mundo. Bem, este copo significa que, no momento, a Alemanha ainda é a melhor equipe do mundo. Um lado jovem”, encerrou.

VAVEL Logo