Fora de casa, San Lorenzo bate o Emelec e garante vantagem na Libertadores
San Lorenzo conseguiu ótimo resultado jogando no Equador (Foto: Rodrigo Buendia/AFP)

Nesta quinta-feira (6), o Emelec recebeu o San Lorenzo no George Capwell pela primeira partida das oitavas de final da Copa Libertadores da América e saiu derrotado por 1 a 0. O gol da equipe argentina saiu ainda no primeiro tempo em ótima cobrança de falta de Belluschi.

Com a vitória, os comandados de Diego Aguirre precisam apenas de um empate em casa para garantir a vaga nas quartas de final. Já o Emelec precisa vender por dois gols de diferença para avançar.  

Emelec pressiona, mas San Lorenzo abre o placar

Jogando em casa, o Emelec partiu para o ataque para garantir o resultado já na primeira partida. O time equatoriano abusava das jogadas de velocidade e dava trabalho para a zaga argentina. Enquanto isso, os visitantes se fechavam atrás e esperavam o contra-ataque para tentar surpreender.

Apesar do domínio do time da casa, a primeira boa chance foi do San Lorenzo, com Mussis que deixou Merlini dentro da área em ótima condição, ele driblou o marcador e bateu forte, o goleiro ainda tocou na bola antes dela explodir no travessão.

E o San Lorenzo realmente criava as melhores chances, apesar da tática de apostar nos contra-ataques. E depois de uma falta perto da área, o meia Belluschi bateu com categoria, tirando do goleiro e fazendo 1 a 0 para o time argentino.

Na sequência, o Emelec saiu em busca do empate e Caicedo driblou o goleiro e cruzou para Ângulo, que bateu e viu a zaga argentina salvar em cima da linha.

San Lorenzo segura a pressão e sai com a vitória

Precisando fazer o resultando jogando em casa, o Emelec se lançou ainda mais ao ataque em busca de pelo menos o gol de empate.Aos 8 minutos, Quiñónez bateu de fora da área e por pouco não surpreendeu o goleiro do San Lorenzo.

Mais fechado que no primeiro tempo, o time argentino buscava sair para matar a partida e por pouco não ampliou com Salazar, que viu Dreer espalmar e fazer ótima defesa.

Com o passar do tempo, o time da casa foi perdendo o fôlego e o ritmo do jogo caiu, o ataque do Emelec era facilmente marcado e as chances se tornaram cada vez menos perigosas.

Apesar disso, nos minutos finais, o time equatoriano quase empatou depois de uma falha da zaga argentina, a bola sobrou para Burbano que viu Navarro sair nos seus pés e evitar o que seria o gol de empate do Emelec. 

VAVEL Logo