Eriksen tem dia inspirado na criação e Tottenham bate Newcastle na Premier League

Neste domingo (13), o Tottenham foi até o St. James Park enfrentar o Newcastle, clube que voltou a Premier League nesta temporada após ter sido campeão da Championship 2016/17. Os Magpies não conseguiram controlar Christian Eriksen que foi o cara da partida e autor das duas assistências para os gols de Dele Alli e Ben Davies no triunfo por 2 a 0 na primeira rodada. Shelvey levou cartão vermelho no segundo tempo, o que complicou as chances dos donos da casa. 

A derrota do Newcastle coloca a equipe na 19ª colocação com óbvio nenhum ponto e menos dois gols de saldo. Por outro lado, com a vitória o Tottenham começa o campeonato com três pontos e na terceira colocação. 

O próximo compromisso dos Spurs é no domingo (20) contra o Chelsea em Wembley, estádio que será a casa do Tottenham nesta temporada. O Newcastle jogará fora de casa na próxima rodada, e vai até Huddersfield encarar o time local também no domingo.

Jogo equilibrado e com chances para os dois lado

Logo aos seis minutos o Newcastle chegou com perigo pelo flanco esquerdo com Gayle, o atacante dentro da área pegou de primeira mas com muita força e a bola acabou subindo muito. O Tottenham só ameaçou a primeira vez com Eriksen, em bom chute pelo lado esquerdo a bola passou muito perto do gol defendido por Elliot.

O jogo na primeira etapa foi bem equilibrado com as duas equipes tendo chances para abrir o placar, e Eriksen quase abriu o marcador com um belo chute de fora da área mas que foi bem defendido pelo goleiro do Newcastle. 

A partida no primeiro acabou se mostrando bem equilibrada no âmbito eficiente, com os dois times chegando muito no ataque e criando oportunidades, com a balança indo um pouco para o lado dos donos da casa, embora o Tottenham tenha chegado bastante também. 

Expulsão de Shelvey muda o panorama do jogo e Eriksen aparece decisivamente

Com três minutos do segundo tempo, Jonjo Shelvey fez falta em Dele Alli e logo em seguida pisou no jogador dos Spurs, o árbitro Andre Marriner viu e expulsou direto o jogador do time da casa. A expulsão de Shelvey mudou o rumo da partida. Com um a menos, o Newcastle se viu perdido e sem saber muito o que fazer, e consequentemente o time sucumbiu perante a força do time visitante.

Apesar de estar com um a menos, o primeiro lance perigoso da segunda etapa foi do Newcastle, em boa finalização de Dwight Gayle dentro da área, que obrigou o goleiro Lloris a fazer uma ótima defesa. Logo na jogada seguinte, Eriksen achou Harry Kane, que dentro da área e sozinho finalizou forte obrigando Elliot a fazer um verdadeiro milagre em St. James Park.

Os Spurs a partir de então começaram a pressionar intensamente o Newcastle e  tentaram marcar de qualquer jeito. Mas somente com uma hora de jogo conseguiu. Eriksen com uma ótima assistencia pelo alto achou Delle Ali sozinho dentro da área, o inglês finalizou de primeira sem chances pro goleiro Elliot.

Após boa jogada de Kane, Eriksen recebeu pelo lado esquerdo da área do Newcastle mas finalizou fraco, facilitando assim a defesa de Elliot.
Logo depois Eriksen apareceu como garçom mais uma vez, o dinamarquês após rápida troca de passes do ataque dos Spurs passou para Bem Davies marcar o segundo para o time visitante.

No final da partida o Newcastle tentou esboçar uma reação dentro de casa com uma boa jogada de Atsu, o meia driblou vários jogadores do Tottenham e finalizou, mas Lloris defendeu com segurança.

Atsu apareceu novamente no lance seguinte concluindo um cruzamento de Hayden desviado por Merino, mesmo dentro da pequena área o ganês finalizou para fora pois dividia a bola com Walker-Peters. 

VAVEL Logo