Com gol do ítalo-brasileiro Jorginho, Napoli vence Nice pelos playoffs da Champions

Em partida válida pela fase de playoffs da Champions League, o Napoli conseguiu uma boa vantagem para entrar na fase de grupos do torneio. Na tarde desta quarta-feira (16), no Estádio San Paolo, na Itália, a equipe de Nápoles venceu o Nice por 2 a 0, no jogo de ida. Os tentos do time italiano foram anotados por Mertens e Jorginho. Pelo lado dos franceses, Koziello e Pléa deixaram a peleja mais cedo.

Com o resultado, o Napoli pode perder o jogo de volta por até um gol de diferença que garantirá vaga na próxima fase da Champions League. O empate ou derrota por dois gols desde que marquem no campo adversário também dá a vaga aos italianos.

Já o Nice, para conseguir a classificação no tempo normal terá que vencer por três gols de diferença. Vitória por 2 a 0 leva a decisão da vaga para os pênaltis. O jogo de volta será disputado na próxima terça-feira (22), às 15h45 (de Brasília), no Allianz Riviera, na França.

Napoli pressiona adversário, mas só consegue vantagem mínima 

Jogando em casa, o Napoli fez o que sua torcida esperava: movimentação no ataque e marcação sob pressão. A primeira chance para os italianos inaugurarem o placar não demorou a sair. Aos dois minutos, Hamsik pegou o rebote da zaga rubr0-negra após cruzamento na área e mandou para fora. Outra boa oportunidade surgiu aos cinco minutos, na cabeçada de Dante, mas a bola passou longe.

Ainda na pressão, Callejón recebeu um belo lançamento de Hamsik, ficou na cara do goleiro Cardinale, e deu um toque de cabeça, a bola passou por cima. Depois de tanta pressão, o Napoli finalmente balançou a rede. Aos 12 minutos, Insigne lançou Mertens pela esquerda, o atacante driblou o goleiro e tocou cruzado para o fundo do gol vazio.

Inflamado pela torcida, o time partenopeo manteve o ritmo ofensivo. O sistema defensivo do time francês apresentava falhas. Percebendo a dificuldade do Rubro-Negro, o Napoli seguiu com os lançamentos. No minuto 14, Callejón surgiu sozinho na frente do goleiro Cardinale, tentou o desvio, mas não conseguiu tocar. O Nice equilibrou as ações na parte final do primeiro tempo. Aos 40 minutos, Saint Maximin avançou com a bola pelo meio-campo e sem marcação chutou cruzado perto do gol defendido por Reina.

Perdido em campo, Nice tem dois jogadores expulsos  

O panorama da etapa complementar não se alterou. Mesmo diante da vantagem, o Napoli continuou em busca do segundo tento. Aos cinco minutos, Insigne pegou o rebote de Cardinale, e mesmo sem ângulo tocou na bola, mas a redonda acertou a trave. O bombardeio napolitano não deu trégua aos franceses. No ataque envolvente dos azuis, Souquet quase cabeceou contra o próprio patrimônio.

 Aos 21, Insigne, arriscou de fora da área e o arqueiro rubro-negro fez a defesa. A insistência do Napili gerou resultado. Mertens  foi derrubado dentro da área por Jallet no minuto 24. Sem reclamações por parte dos jogadores, a infração foi assinalada. Com categoria, Jorginho cobrou a penalidade e ampliou para os anfitriões.

Completamente desorganizado em campo, o Nice não conseguia ultrapassar a linha central. Para piorar, Koziello foi expulo no minuto 34. A pressão dos italianos que era grande, se intensificou. O goleiro Cardinale, que já era o nome da partida, impediu a dilatação no placar. O atacante Pléa reclamou com o árbitro polonês, recebeu o segundo cartão amarelo e também deixou o campo mais cedo. Com dois jogadores a mais, o Napoli colocou todos os jogadores no campo de ataque, mas não conseguiu ampliar a vantagem.

VAVEL Logo