Em reunião no Brasil, Diego Costa indica que deve retornar ao Atlético de Madrid

Uma das grandes novelas desta janela de transferências de verão deve ter um desfecho nas próximas semanas. Sondado pelo poderoso Milan, forte nesta temporada pelos investimentos de seus novos mandatários chineses, Diego Costa deve optar mesmo por um velho conhecido: o Atlético de Madrid.

+Pesquisa aponta Atlético de Madrid como clube mais eficiente da Europa no âmbito econômico

O brasileiro naturalizado espanhol esteve em Sergipe, sua terra natal, nesta quarta-feira (16). Além de visitar familiares, Diego foi à sede da Federação Sergipana de Futebol para tratar sobre a situação do esporte no Estado. 

Atualmente, familiares de Diego comandam o Lagarto, clube da primeira divisão do Campeonato Sergipano

Dentre diversos temas tratados na reunião entre o jogador e os representantes da FSF, Diego teria divulgado detalhes sobre o futuro de sua carreira. A assessoria de imprensa da federação foi quem reproduziu a fala do atleta: "Meu destino está definido. Devo retornar mesmo para o Atlético de Madrid na próxima temporada. Acontece que existe um impasse. O Chelsea não quer me liberar. Mas acredito que essa situação será resolvida logo que retornar à Espanha", teria dito o atacante.

Recentemente, o representante de Diego teria revelado o interesse de seu cliente em retornar ao Atlético. No mês passado, o atacante ainda realizou uma live em suas redes sociais vestindo a camisa colchonera. Vale ressaltar também que o clube espanhol está impedido de registar novos jogadores até a próxima janela. Se for contratado, Diego deveria permanecer treinando até o início do próximo ano, ou ser emprestado à outro clube. Neste fator, pode surgir o negócio com o Milan, que ficaria com Diego até janeiro. 

+Sem espaço no Chelsea, Diego Costa demonstra interesse em voltar ao Atlético de Madrid

Foi na capital espanhola que Diego Costa despontou como um dos melhores centroavantes da Europa. O jogador foi contratado pela equipe colchonera em 2007, mas atuou pelo clube apenas três anos depois. O atacante vestiu o manto rojiblanco em 134 oportunidades, marcando 64 gols. Seu grande desempenho pelo Atlético fez Diego chamar a atenção da Federação Espanhola de Futebol, que convenceu o atleta a naturalizar-se espanhol. Em 2014, Diego disputou a Copa do Mundo pela Fúria.

Desavença com Conte

Durante a Copa do Brasil, Diego acertou sua transferência para o Chelsea, em uma negociação que envolvendo £ 32 milhões. Destaque desde sua chegada, o jogador conquistou por duas vezes a Premier League e marcou 59 gols em 120 partidas disputadas. 

Contudo, o futebol do atacante teve uma queda de rendimento na temporada passada, com a chegada do italiano Antonio Conte. No início deste ano, Diego teve seu primeiro desentendimento com o comandante, após o mesmo seguir as informações dos médicos do clube inglês, que questionavam uma suposta reclamação de dores nas costas do atacante. 

+Apesar da punição, dirigente do Atlético de Madrid afirma que clube ainda pretende contratar

Por este motivo, o jogador foi cortado de uma partida contra o Leicester, chegando a treinar separado na semana seguinte. Próximo ao término da temporada, a situação teria ficado ainda mais complicada, após o jornal espanhol AS divulgar que Conte teria enviado um SMS afirmando que Diego 'não estaria mais em seus planos'.

Conte colocou um ponto final na passagem vitoriosa de Diego pelos Blues (Foto: Mike Egerton/Getty Images)
Conte colocou um ponto final na passagem vitoriosa de Diego pelos Blues (Foto: Mike Egerton/Getty Images)
VAVEL Logo