Em troca, Lyon contrata lateral inglesa Lucy Bronze e cede meia alemã Bremer ao Man City
Foto: Divulgação/Uefa

O mercado do futebol feminino europeu continua movimentado após a Eurocopa 2017. O Lyon, atual campeão da Uefa Women's Champions League, anunciou a contratação de Lucy Bronze, lateral-direita titular da seleção inglesa e que estava no Manchester City. Como parte do acordo, o Lyon cedeu a versátil jogadora alemã Pauline Bremer ao time inglês, semifinalista da última UWCL. Bremer não disputou a Eurocopa Feminina pela seleção da Alemanha. 

Bronze: Privilégio em estar jogando com as melhores jogadoras do mundo

Aos 25 anos de idade, a lateral-direita inglesa iniciou sua carreira no Sunderland em 2007, tendo passagens por Everton e Liverpool, antes de chegar ao Manchester City em 2014. A nível de clubes, foi três vezes campeã da FA WSL, duas com o Liverpool e uma com o Manchester City, além de ter conquistado uma Copa da Inglaterra e uma Copa da Liga Inglesa. Presença na seleção de seu país desde as categorias de base, disputou duas Eurocopas (2013 e 2017) e uma Copa do Mundo em 2015, na qual a Inglaterra foi terceira colocada. 

Em declaração ao site do Lyon, a jogadora afirmou estar animada para jogar na equipe considerada como a melhor de futebol feminino no mundo, que possuí excelentes jogadoras e que precisava de um novo desafio em sua carreira. Ela também disse que está ansiosa para começar sua nova jornada com a equipe francesa. Bronze será a primeira jogadora inglesa a vestir as cores do clube francês e jogará com a camisa de número 22.

Bremer: ansiosa com novo desafio e impressionada com a estrutura do clube inglês

Aos 21 anos de idade, a jogadora revelada pelo Turbine Potsdam, chegou ao Lyon em 2015 com um contrato de duas temporadas, nas quais conquistou por duas ocasiões a tríplice coroa (UWCL, Copa da França e D1 Féminine). Presença nas seleções alemãs desde o sub-15, disputou a Copa do Mundo de 2015 pela Frauen Mannschaft, na qual a seleção fora quarta colocada. Foi cortada do time alemão medalhista olímpico em 2016 por conta de uma lesão e ficou de fora da última Eurocopa.

Em entrevista, Bremer se mostrou impressionada com a estrutura fornecida pelo clube e que está feliz em estar em uma equipe que vem crescendo dentro do cenário do futebol feminino internacional. Bremer será a segunda alemã na equipe inglesa, que teve a meio campista Kathleen Radkte entre 2014 e 2016. Bremer jogará com a camisa de número 9 e que recentemente pertenceu a Toni Duggan, recém negociada com a equipe do Barcelona.

VAVEL Logo