Shevchenko vê falta de planejamento no 'novo Milan': "Houve contratações confusas"

Depois da venda do Milan para investidores chineses, polêmicas começaram a pipocar de todos os lados. Quem vê de fora acredita que algo não está certo e passa a criticar ou duvidar dos recursos oferecidos pelos novos donos orientais.

Desta vez, foi a vez de um conhecido ídolo milanês atacar a política de contratações do clube para a atual janela de transferências. O ex-atacante e hoje treinador Andriy Shevchenko concedeu entrevista para o site ucraniano Football.ua e comentou sobre o 'novo Milan', que vem sendo construído em apenas um mês.

"Milan ? Eu não sei o que esperar deles. Existem dois jeitos de realizar contratações: com um planejamento ou improvisando. Na minha opinião, houve contratações confusas. Isso mostra que não houve um planejamento anterior", disse o atual técnico da seleção da Ucrânia.

'Sheva', como é apelidado pelo torcedor milanista, disse que o técnico Vicenzo Montella terá de atingir resultados em um curto prazo, tendo em vista as diversas chegadas de novos atletas à equipe. Neste mercado, a diretoria da agremiação realizou dez contratações, e nos próximos dias deve anunciar a chegada do atacante Nikola Kalinic, da Fiorentina.

"Existem muitos novos jogadores, mas eles compram mais de um jogador para uma mesma posição. Isso é tomar uma decisão espontânea. Eu não posso prever o que está por vir, mas eu desejo tudo de melhor ao Milan, vejo aquele clube como se fosse meu", finalizou o ex-atleta.

Como jogador, Shevchenko atuou em 322 partidas com a camisa do Milan e marcou 175 gols. Ele é um dos maiores carrascos da rival Internazionale, com 14 gols marcados no Derby della Madonnina. Ele dirige a seleção da Ucrânia desde julho de 2016.

VAVEL Logo