Swansea recebe líder Manchester United na abertura da segunda rodada da Premier League

A Premier League terá abertura da segunda rodada neste sábado (19). Às 8h30, o Swansea receberá o líder Manchester United no Liberty Stadium, em busca da primeira vitória na divisão de elite no início de temporada. Já o United busca repetir a ótima atuação da rodada inaugural, quando bateu o West Ham por 4 a 0.

Na primeira rodada no sábado passado (12), o Swansea não passou de um 0 a 0 contra o Southampton. Liderados por Lukaku, os comandados de Mourinho atropelara, os Hammers no Old Trafford, conseguindo a liderança ao final da 1° semana. O último duelo de ambos foi na 34° rodada da PL anterior no dia 30 de abril, com as equipes terminando empatadas em 1 a 1 na cidade de Manchester.

O time da casa não poderá contar com alguns jogadores. Dyer e Llorente seguem de fora enquanto Britton, que saiu lesionado na primeira semana, não se recuperou de um desconforto. Pelo United, Rojo e Luke Shaw são as únicas baixas, todas elas já repostas por Jose Mourinho.

Sem Sigurdsson, equipe galesa tenta primeira vitória

Jogar no Liberty Stadium é um dos grandes trunfos do Swansea na temporada. Outro no entanto não estará mais em ação. O meia islandês Gylfi Sigurdsson acertou sua transferência para o Everton na última quarta feira por 45 milhões de libras e é a principal perda da equipe de país de gales nesta janela de transferências.

No entanto, o técnico Paul Clement acredita que sua equipe possa caminhar com suas próprias pernas sem a presença do islandês. "É um grande desafio substituir Sigurdsson, não há dúvida sobre isso. Mas o que esperamos poder fazer é trazer dois ou três jogadores que fortalecerão nossa equipe em várias posições. Queremos melhorar nosso time e nosso estilo e queremos ganhar mais jogos", disse o comandante.

Clement também avisou que outros jogadores virão completar o elenco para as disputas das competições inglesas. "Eu estava no telefone ontem à noite por uma boa quantidade de tempo com os proprietários e o presidente do clube sobre o que vamos fazer. Há discussões sobre os jogadores que poderíamos trazer. Temos múltiplos alvos."

Outro assunto em pauta ainda é sobre a ausência de Fernando Llorente, que permanece de fora contra o United. Porém, as notícias são animadoras. Desde que fraturou seu braço na última temporada, o espanhol fez uma semana completa de treinos pela primeira vez e terá sua provável volta na 3° rodada diante do Crystal Palace.

Mourinho adianta que United não vai mais ao mercado

O show de bola na primeira rodada credencia ainda mais o United na briga pelo título do Campeonato Inglês. Reforços chegaram para somar um elenco já qualificada na offseason anterior. Victor Lindelof (€ 35 milhões), Romelu Lukaku (€ 84,7 milhões) e Nemanja Matic (€ 44,7 milhões) foram as aquisições.

Com isso, Jose Mourinho adiantou que o time não deverá fazer mais contratações, adiantando que o time já está completo e coeso.  “Eu não acho que estejamos [precisando de reforços], a não ser que aconteça alguma coisa que nos coloque no mercado novamente. Eu disse ao senhor Woodward [diretor de futebol] sobre meus planos, mas também disse a ele para ficar calmo, sem pressão minha, para fazer o que for melhor para o clube”.

O português também rasgou elogios a diretoria do clube, que conseguiu os principais alvos de Mourinho na pré-temporada. "Eu tinha quatro alvos e nós conseguimos três, e nós conseguimos todos eles antes do primeiro jogo da temporada. Então, meu clube foi ótimo para mim. Estamos em uma situação estável, não há nenhuma pressão de mim. Nós estaremos juntos novamente para outra janela em janeiro e novamente no próximo verão, mas estou feliz com o time que temos, e estou pronto para ir sem o quarto jogador ". O quarto alvo provavelmente seria o do meia croata Ivan Perisic, atualmente na Internazionale. O Manchester Unites esteve perto da contratação, mas as parte não chegaram a um acordo.

VAVEL Logo