Com bela atuação coletiva, Juventus vence Cagliari na abertura da Serie A

Na tarde deste sábado (19), a Juventus deu o pontapé inicial em sua luta pelo heptacampeonato italiano. Contando com uma excelente atmosfera no Allianz Stadium, a equipe de Turim se impôs e venceu o Cagliari por 3 a 0, gols de Mario Mandzukic, Paulo Dybala e Gonzalo Higuaín.

Antes do apito inicial, jogadores e torcedores prestaram um minuto de silêncio em homenagem às vítimas em Barcelona. Em campo, a Juventus sofreu alguns sustos, mas encaminhou sua vitória ainda na primeira etapa. A partida também marcou a estreia do volante francês Blaise Matuidi, recém-chegado ao clube de Turim

Na próxima rodada da Serie A, a equipe juventina encara o Genoa, no Estádio Luigi Ferraris. Esta partida será realizada no próximo sábado (26). O Cagliari, por sua vez, terá outra pedreira pela frente: entra em campo no domingo (27), contra o forte Milan, no San Siro.

Juve cirúrgica, brilha a estrela do capitão

Mandzukic comemora tento que abriu o placar da partida (Foto: Marco Bertorello/AFP/Getty Images)

Logo aos dois minutos de jogo, a Juventus quase abriu o placar em bela cobrança de falta de Pjanic. Nas arquibancadas, o torcedor bianconero se animou, acreditando em uma atuação de almanaque da sua equipe. Em campo, o Cagliari tentou responder o ímpeto juventino com muita aplicação tática, marcando alto e dificultando a saída de bola dos donos da casa.

Aos 12', a Vecchia Signora construiu a grande jogada do primeiro tempo. Após uma envolvente troca de passes, a bola chegou à Lichtsteiner, que cruzou com perfeição para Mandzukic escorar com o pé direito para o fundo das redes, sem chance para o goleiro Cragno. Estava aberto o placar no Allianz Stadium. A partir do gol, a Juventus começou a "cozinhar o jogo", mantendo a posse de bola, mas sem se arriscar no ataque.

Percebendo a apatia de seu adversário, o Cagliari foi pra cima. Em jogada individual aos 34', Farias cortou a marcação e finalizou forte da entrada da área, obrigando Buffon à espalmar. No rebote, Faragó isolou, mesmo com o gol aberto. A equipe visitante se animou e teve sua grande chance aos 36', quando Čop tentou fazer o pivô e foi derrubado na área. Com o auxílio do recurso de vídeo, o árbitro Fabio Maresca assinalou a penalidade.

Farias foi para a cobrança, mas viu Buffon crescer em sua frente e parou em grande defesa do arqueiro italiano. A penalidade fez a Juventus acordar no jogo e voltar a buscar o gol. Aos 45', Pjanic fez belo lançamento da intermediária defensiva, achando Dybala livre de marcação. O camisa 10 bianconero avançou e precisou apenas deslocar o goleiro, anotando o 2 a 0 antes do intervalo.

Camisa 9 também deixa o seu

Higuaín também deixou a sua marca na partida (Foto: Marco Bertorello/AFP/Getty Images)

Vencendo por 2 a 0, a Juventus voltou bastante tranquila para a segunda etapa. Aos 2', Dybala fez bela jogada individual e finalizou firme, da entrada da grande área. A bola caprichosamente beijou o travessão, negando o que seria uma pintura do novo camisa 10 bianconero.

Aos 20', o camisa 9 deixou a sua marca no placar. Após receber belo passe rasteiro de Alex Sandro, Higuaín dominou e bateu cruzado, sem chance para o goleiro do Cagliari: 3 a 0. Aos 67', Pipita ainda teve chance de ampliar o marcador, mas desta vez parou nas mãos de Cragno. 

Com a vitória assegurada, Massimiliano Allegri mexeu na equipe, promovendo a estreia de Blaise Matuidi e dando minutos de jogo ao brasileiro Douglas Costa. O francês foi bastante comemorado pela torcida, como em um gesto de boas-vindas ao novo atleta juventino.

VAVEL Logo