'Bicampeão' neste início de temporada, Real Madrid visita La Coruña na estreia

A espera finalmente acabou, a Liga das Estrelas está de volta à ativa. Atual campeão espanhol e europeu, o Real Madrid estreia na Liga neste domingo (20), quando visita o Deportivo La Coruña no Estádio Riazor, em Corunha.

Mesmo atuando em casa, os Turcos terão que quebrar um longo tabu para começar a temporada com o pé direito. A última vitória do Deportivo diante dos madridistas no Riazor aconteceu na temporada 2008/09. Desde então, foram disputadas seis partidas: sendo cinco vitórias para o Real e um empate.

+Deportivo La Coruña 2017/18: em busca de uma temporada mais tranquila

O objetivo deportivista para esta temporada é modesto neste início de jornada: escapar do rebaixamento. A ideia é tratada com total clareza pelos jogadores próprios jogadores: "Estar entre o oitavo é o 12º colocado é a missão", afirmou o volante brasileiro Guilherme. Contudo, a pré-temporada demonstrou que a campanha do Deportivo pode ir um pouco mais além disso. Deixando de lado uma goleada sofrida para o Porto, os espanhóis obtiveram bons desempenhos em seus amistosos preparatórios. O grande momento de Andone e chegada do experiente Adrián López dão um ar de boas expectativas para o torcedor.  

No Arsenal, Lucas Pérez é outro que pode reforçar o La Coruña

'Melhor Real Madrid da história'! A denominação dada por torcedores e muitos jornalistas sobre o atual momento do clube merengue demonstram que o clube vem com força para conquistar tudo nesta temporada. Até então foram disputadas duas partidas oficiais nesta temporada. O resultado? Dois títulos. Primeiro veio a conquista da Uefa Super Cup diante do Manchester United, e nesta última semana, o troféu da Supercopa da Espanha após quatro anos, após duas vitórias de convencer qualquer um frente ao rival Barcelona.

+Real Madrid 2017/18: seguir empilhando taças com um futebol inteligente e eficiente

Inicialmente, os comandados de Zinedine Zidane devem ter a ausência de Cristiano Ronaldo para as primeiras quatro rodadas da competição. Se persistir a ideia aplicada contra o Barcelona, Asensio deve ser o escolhido para preencher o espaço do gajo, aumentando ainda mais o poderio do meio-campo madridista. 

Mel afirma que a ambição deportivista é estrear com vitória sobre o Real

Pepe Mel terá nesta jornada a oportunidade de começar seu trabalho literalmente do início em Corunha. O treinador chegou em fevereiro à equipe e desta vez começa seu planejamento quase que do zero, após ter liberado e contratado muitos nomes para a formação de seu elenco: "Minha ideia é ficar entre o primeiro e o segundo. Estamos em um esporte profissional. Não trabalho para conquistar apenas bons resultados, quero conquistas. Nossa ambição é vencer a primeira partida contra o Real Madrid", afirmou o técnico.

Pepe Mel somou sete derrotas, quatro vitórias e quatro empates na temporada passada da Liga

O técnico ainda ressaltou que sua equipe possui uma certa 'desvantagem' no duelo, já que o rival disputou mais partidas competitivas neste início de temporada: "Será a quarta partida oficial do Real. Não foi uma pré-temporada normal para eles. Disputaram três partidas para conquistar dois títulos. É uma certa desvantagem mas vamos tentar fazer nosso máximo para chegar praticamente 100% e aplicando tudo que trabalhamos", acrescentou.

(Foto: Matthew Ashton/Getty Images)
(Foto: Matthew Ashton/Getty Images)

Zidane quer 'virar a chave' após títulos conquistado

Mais uma temporada se inicia de uma maneira a qual o Real Madrid já está acostumado: sendo o time a ser batido. Questionado sobre os pontos positivos e negativos deste momento vivido por sua equipe, Zinedine Zidane falou sobre o fator 'favoritismo': "Estou feliz de ter começado a temporada deste jeito, ganhando títulos com estes jogadores. Encerramos um ciclo com esta conquista da Supercopa da Espanha e começamos outro com quatro competições pela frente, e será complicado", disse o francês.

"O favoritismo não nos garante nada. É fachada. Nada muda e será uma temporada longa e difícil. Não ganhamos nada ainda. A Liga, como no ano passado, será disputada até o final, tenho certeza disto", ressaltou.

+Asensio comemora bom momento no clube de coração: "Me encanto por estar no Real Madrid"

Zinedine ainda voltou a citar o controle emocional de seu plantel como algo fundamental para a sequência de conquistas: "Nós nos preparamos para cada partida. Se queremos fazer a partida de um jeito, fazemos e tudo dá certo. Os jogadores são extraordinários em tudo o que fazem. Desfrutamos de cada momento, sem qualquer sinal de euforia", finalizou.

(Foto: Gabriel Bouys/Getty Images)
(Foto: Gabriel Bouys/Getty Images)

VAVEL Logo