Everton sai na frente com gol de Rooney, mas Sterling marca e garante empate ao Manchester City

Na tarde desta segunda-feira, Manchester City e Everton fecharam a 2ª rodada da Premier League 2017/2018. Jogando em casa, no Etihad Stadium, os Citizens de Pep Guardiola saíram atrás no placar - aos 34 minutos da primeira etapa, Rooney estufou as redes para o Everton e chegou à histórica marca de 200 gols na liga inglesa. Sterling, que entrou no segundo tempo para substituir Gabriel Jesus, igualou o placar no final e garantiu o empate aos donos da casa. 

Pressão do City e falhas nas finalizações marcam primeiro tempo

Dono da casa, o Manchester City começou a partida propondo o jogo e exercendo domínio sobre a posse de bola - ao final da primeira etapa, as estatísticas mostraram 68% de controle para os Citizens contra 38% para o Everton. Apesar de ter criado diversas oportunidades no ataque, o City pecava nas finalizações e não conseguia abrir o placar. Em partida discreta, Agüero participou de um dos principais lances de perigo para a equipe de Pep Guardiola - aos 26 minutos, Otamendi soltou uma bomba de fora da área para grande defesa do goleiro Pickford; no rebote, o atacante argentino tentou a finalização, mas a bola saiu por cima da meta.

Só que, no futebol, existe aquele velho ditado: quem não faz, leva. Superior na partida, aos 34 minutos do primeiro tempo, os Citizens sofreram um gol vindo dos pés de um velho conhecido: Wayne Rooney. Maior artiheiro e ídolo do rival Manchester United, o atacante estufou as redes após receber de primeira de Calvert-Lewin no contra-ataque. 1 a 0 para o Everton e 200 gols para Rooney na Premier League - este foi também seu segundo gol em duas partidas desde o retorno ao Everton. 

Velho conhecido: Rooney marcou contra o City e abriu o placar para o Everton (Foto: Tony McArdle/Everton FC)
Velho conhecido: Rooney marcou contra o City e abriu o placar para o Everton (Foto: Tony McArdle/Everton FC)

Para complicar ainda mais a situação já desfavorável do City, Kyle Walker foi expulso aos 44 minutos. Defensor mais caro do mundo e estreante na equipe de Pep Guardiola, o zagueiro acertou uma cotovelada em Baines e recebeu o segundo amarelo apenas três minutos após sua primeira advertência. 

Com um a menos, Guardiola é obrigado a alterar formação

A expulsão de Walker gerou uma grande deficiência no setor defensivo dos Citizens - para suprir as necessidades da equipe, Guardiola sacou Gabriel Jesus para a entrada de Sterling, que acompanharia a marcação nas laterais. Aos 20 minutos da primeira etapa, o treinador alterou a formação para um 4-4-1, colocando o brasileiro Danilo no lugar de Stones.

Mesmo com um a menos, Guardiola não estava disposto a sacrificar a ofensividade do City. A equipe de Manchester partiu para cima dos visitantes e continuou a propor jogadas, dando trabalho para a defesa do Everton. Aos 36 minutos, o empate chega pelos pés de Sterling: o atacante recebeu cruzado de Holgate e bateu de primeira para estufar as redes no Etihad Stadium.

Sterling empatou o placar para os donos da casa no Etihad Stadium (Foto: Anthony Devlin/AFP/Getty Images)
Sterling empatou o placar para os donos da casa no Etihad Stadium (Foto: Anthony Devlin/AFP/Getty Images)

O Everton ainda teve um jogador expulso nos minutos finais da partida - advertido aos 41 e 44 minutos com cartões amarelos, Schneiderlin deixou o Everton e igualou o número de jogadores nos dois lados do campo. Nos acréscimos, os Toffees souberam segurar o placar e evitaram uma possível virada dos donos da casa.

Pela Premier League, o Manchester City volta a campo no próximo sábado (26), para enfrentar o Bournemouth. O Everton, por sua vez, tem compromisso contra o Hajduk Split pela Europa League na quinta-feira (24) antes de enfrentar o Chelsea no domingo (27).

VAVEL Logo