Capitão do Hoffenheim, Vogt acredita em virada: "Podemos marcar dois gols contra Liverpool"

No primeiro jogo da história do Hoffenheim na Uefa Champions League, o clube alemão sucumbiu ao Liverpool e foi derrotado diante da sua torcida na Rhein-Neckar-Arena. O resultado dos primeiros 90 minutos do duelo determina que os Hoffs devem surpreender ainda mais e conquistar uma vitória por dois gols de vantagem para desbancar os ingleses, cinco vezes campeões continentais. A missão é complicada. Encarar um forte adversário, tradicional, no lendário Anfield Road com a destacada e conhecida em escala mundial torcida dos Reds.

Apesar do cenário estar difícil, o elenco do clube alemão mostra que são boas as chances de recuperação, se levar em consideração os feitos da equipe nos últimos anos. Na primeira metade de 2016, a equipe estava na zona de rebaixamento da Bundesliga e conseguiu uma sequência positiva de resultados que culminou na permanência com rodadas de antecedência. Na temporada 2016-17, a briga pelas primeiras posições e a vaga nos playoffs da UCL.

Em entrevista, o zagueiro e capitão Kevin Vogt falou sobre a motivação do elenco para o segundo jogo da fase preliminar da competição europeia. O jogador começou bem a temporada, com seguras atuações tanto contra o Liverpool, como diante do Werder Bremen, pela primeira rodada do Campeonato Alemão.

“Nós tivemos boas atuações contra o Werder Bremen e na primeira etapa contra o Liverpool. Não tenho dúvidas de que podemos marcar dois gols em Anfield. Nós nos lançaremos ao jogo e absolutamente daremos tudo porque temos chance de chegar à fase de grupos”, afirmou.

Foto: Alex Grimm|Bongarts|Getty Images

Vogt também comentou sobre a variedade de jogadores usada pelo técnico Julian Nagelsmann. Nos três primeiros jogos oficiais da temporada (Copa da Alemanha, Champions League e Campeonato Alemão), 19 jogadores foram utilizados na escalação inicial. Para o defensor, isso revela a qualidade do elenco e o contentamento em atuar por três competições distintas.

“Isso significa que somos versáteis. E mostra que o esquadrão tem grande força em profundidade. Nós vimos isso contra o Werder Bremen. Quando nossos dois atacantes Amiri e Uth saíram, foram substituídos por jogadores de incrível qualidade, Kramaric e Gnabry. É um real impulso de confiança. Eu não quero falar sobre estarmos sobrecarregados porque eu estou ansioso para jogar em três competições distintas. Devemos estar encantados em ter essas oportunidades em vez de reclamar sobre fadiga”, explicou.

O atleta ponderou sobre a atuação dos Hoffs na abertura da Bundesliga e afirmou que a falta de pontaria pode até ser levada em consideração como responsável por alguns resultados negativos, mas que o time pretende melhorar neste quesito durante a temporada.

“As congratulações são ao time porque nós merecemos a vitória. Mantivemos nossa disciplina durante toda a partida e não dificultamos em nada para nós mesmos. Conseguimos obter o melhor diante de um oponente difícil. Nós nos defendemos brilhantemente durante todo o campo. Claro que é sempre mais fácil quando se marca na primeira oportunidade. O jogo se torna mais confortável e você pode economizar um pouco de energia. Mas é assim que acontece. No futuro é improvável que convertamos todas as possibilidades criadas”, concluiu.

O duelo entre Liverpool x Hoffenheim será realizado em Anfield Road, às 15h45 dessa quarta-feira (23). Os ingleses têm a vantagem de sofrerem uma derrota simples que avançam à fase de grupos da Uefa Champions League. 

VAVEL Logo