Técnico do Nice critica atuação de Balotelli e enaltece Napoli após eliminação na Champions

Mais uma vez apático, o Nice não apresentou perigo ao Napoli e voltou a ser derrotado por 2 a 0, desta vez dentro de seus domínios. A equipe italiana supera os playoffs e avança para a fase de grupos da Uefa Champions League, enquanto que o time do sul da França terá a Europa League pela frente. José Callejón e Insigne anotaram os tentos nesta terça-feira (22).

Em entrevista concedida após a derrota, o técnico Lucien Favre comentou a fraca noite do atacante Mario Balotelli, que teve uma atuação muito abaixo do esperado e foi pouco efetivo quando tentou fazer alguma coisa. Durante o primeiro gol do Napoli, Balo estava fora das quatro linhas, pois o árbitro pediu para ele tirar uma corrente que estava usando.

Não quero falar sobre o desempenho dele. Foi uma performance negativa e eu deveria ter tirado ele muito antes. Falo o que vejo e ele não estava bem o suficiente esta noite. Eu não sei o que aconteceu no primeiro gol deles. Acabei de ver (o lance) e percebi que houve algo entre Balotelli e os árbitros”, disse o técnico.

Questionado sobre o adversário desta fase da Champions e da superioridade apresentada pelos italianos, Favre enalteceu: “O Napoli é muito forte. Quando sortearam o Napoli, soube imediatamente que seria muito complicado para nós. É quase a mesma equipe há três anos. Estão bem estabelecidos taticamente, tecnicamente e fisicamente. Nós já tiramos o Ajax, mas isso não foi fácil. A Europa League é o nível certo para o Nice e será um torneio difícil.

Ainda sobre a competição, o treinador suíço complementou: “A Europa League é difícil, não importa qual adversário você enfrente. É muito complicado sair entre os dois melhores em um grupo de quatro. Então todos veem que não estamos no mesmo nível do ano passado, é claro para todos. Após a pausa (entre temporadas), nossos movimentos, a intensidade... estamos há alguns anos luz no momento.

A situação do Nice, terceiro colocado na Ligue 1 2016/17, é complicada. Em sete jogos oficiais nesta temporada, o clube venceu apenas uma vez. A vitória no último fim de semana contra o Guingamp animou, mas os mesmos problemas voltaram à tona diante do Napoli. O próximo duelo será sábado (26) fora de casa, onde enfrentarão o Amiens, equipe mais fraca do campeonato. No dia 9 de setembro, a equipe encara o rival Monaco. Mais uma sequencia sem vencer poderá instaurar de vez a crise.

VAVEL Logo