Liverpool tem início avassalador, bate Hoffenheim novamente e confirma avanço à UCL

Liverpool e Hoffenheim voltaram a se enfrentar nesta quarta-feira (23) pelos playoffs da Uefa Champions League, dessa vez em Anfield, na Inglaterra. Diante de uma boa vantagem conquistada no jogo de ida, o Liverpool voltou a superar o Hoffenheim, agora por 4 a 2. Can, duas vezes, Salah e Firmino anotaram os gols dos ingleses, enquanto Uth e Sandro Wagner descontaram para o Hoff.

A equipe comandada por Jürgen Klopp agora aguarda o sorteio da fase de grupos da Champions League, enquanto o Hoffenheim, apesar da eliminação, terá a oportunidade de jogar a Europa League.

As equipes retornam a campo para disputa dos seus respectivos campeonatos nacionais neste fim de semana, quando o Liverpool receberá o Arsenal em seu primeiro clássico na temporada no próximo domingo (27), às 12h. O Hoffenheim, por sua vez, visita o Bayer Leverkusen um dia antes, às 10h30. Ambos horários pelo de Brasília. 

Liverpool atropela nos minutos iniciais e praticamente assegura classificação

Diante de uma excelente vantagem conquistada na partida de ida, e com a possibilidade de retornar a Uefa Champions League, a equipe do Liverpool não quis dar chance para o azar e iniciou o confronto pressionando o Hoffenheim, aproveitando-se da presença maciça de sua torcida no Anfield, também na expectativa de retornar a competição mais importante do continente.

Aos 10’, Mané realizou boa jogada individual e serviu Emre Can, que arrematou e contou com desvio em Nordtveit – assim como o segundo gol dos ingleses na ida – antes de morrer no fundo das redes. Incessante no ataque, o Liverpool voltou a marcar minutos depois, com Salah, após boa jogada de Firmino. O terceiro gol, logo em seguida, também teve participação efetiva do brasileiro – ex-jogador do Hoffenheim, que contribuiu com uma assistência para Emre Can marcar novamente.

Inoperante e perdido em campo, o Hoff se viu obrigado a mudar, e o foi o que Julian Nagelsmann fez ao alterar o sistema de jogo da equipe, sacrificando Nordtveit para promover a entrada de Uth, autor do gol na partida de ida. O impacto de Uth foi imediato, e o atacante diminuiu o prejuízo após uma bela jogada construída pela equipe alemã. Após a avalanche de gols no início da partida, os visitantes conseguiram retomar o bom futebol, ameaçando o Liverpool principalmente através de Gnabry, que realizava boas jogadas individuais.

Roberto Firmino marca contra seu ex-clube e decreta classificação inglesa

Empolgados com o futebol praticado após a entrada de Uth, o Hoffenheim não conseguiu repetir a mesma atuação no início da etapa complementar, principalmente após a saída de Gnabry – jogador mais perigoso da primeira etapa.

O jovem atacante deu lugar ao húngaro Adam Szalai, avançado pouco efetivo. Aproveitando-se da queda de rendimento de seu adversário, o Liverpool aproveitou para selar sua classificação através de Roberto Firmino – confirmado mais uma vez a força da Lei do ex. Os visitantes ainda conseguiram diminuir a desvantagem aos 79’, depois de Kramaric servir Sandro Wagner, no entanto o tento, a aquela altura, era incapaz de mudar a situação do confronto.

Em busca do improvável, o Hoffenheim ainda conseguiu ter 61% de posse de bola nos minutos finais, todavia a necessidade de marcar mais três gols transformou esse domínio em algo irrelevante, pois o resultado final já estava decretado: o Liverpool retorna a Champions League, enquanto o ótimo trabalho de Julian Nagelsmann terá chance de ser observado na Europa League, ao menos.

VAVEL Logo