Titular na lateral-esquerda do Monaco, Jorge comemora adaptação
(Foto: Stéphane Senaux/ AS Monaco)

Neste domingo (27), o vice-líder Monaco enfrentará o Olympique de Marselha, quinto colocado, no principado, pela quarta rodada da Ligue 1. Foi contra o mesmo Olympique, fora de casa, que o lateral-esquerdo Jorge estreou pelo Monaco. E antes do duelo desse fim de semana, o brasileiro teve destaque no site do clube francês.

Jorge comentou sobre a coincidência de reencontrar seu primeiro adversário quando chegou na França: “Exatamente (risos). Foi um momento incrível estrear no Vélodrome contra o OM. Eu não esperava. O treinador me usou no meio-campo. Como de costume, dei o meu máximo. Tenho uma boa lembrança deste dia, pois nos classificamos."

"Espero que possamos ganhar também neste domingo. Hoje, já estou totalmente adaptado ao Monaco. Meu jogo está mais intenso. O treinador está sempre comigo para me guiar. Tivemos a chance de ganhar o título francês na temporada passada e foi um grande orgulho. Meu objetivo é continuar a crescer dia após dia, para ser um dos melhores laterais do mundo", disse o camisa 6.

O Monaco obteve uma marca histórica: são 15 vitórias consecutivas, e o lateral-esquerdo se sente honrado em fazer parte disso:  “É algo excepcional. Desde a minha chegada, senti uma equipe de guerreiros, sempre procurando fazer o seu melhor. Este é um recorde histórico para o Monaco. Espero continuar a ganhar títulos para marcar história do clube".

Por fim, o brasileiro comentou sobre a expectativa para essa partida, que valerá a liderança para o Monaco. Ele aproveitou para elogiar o adversário: “Receber o Marseille este domingo será complicado. Eles reforçaram bem seu elenco neste mercado. É um time de qualidade e eles estão atrás de nós na classificação. Estamos trabalhando arduamente para ganhar os três pontos e confirmar o nosso excelente início de campeonato".

Jorge custou 8,5 milhões de euros ao Monaco. Na temporada passada, atuou em apenas cinco partidas, mas anotou um gol. A reserva se deu pelo grande momento de Mendy, hoje no Manchester City. Quando entrava, era colocado na meia-esquerda. Porém, com a saída do concorrente, o brasileiro vem se firmando cada vez mais na posição.

VAVEL Logo