Presidente da Inter comete gafe e confunde ex-jogadores dos dois clubes de Milão

A Internazionale foi vendida para um fundo estrangeiro em 2013. Dentre os investidores, Erick Thohir se tornou o sócio majoritário, por ter a maior parte nas ações da agremiação. Nesta sexta (25), o empresário indonésio deu uma entrevista para o MetroNews, contando um pouco sobre os motivos de ter adquirido o clube e se tornado o primeiro presidente estrangeiro os nerazzurri.

+ Internazionale 2017/18: Luciano Spalletti no banco e o objetivo de voltar à Europa

Entretanto, ao responder uma das perguntas, Thohir mostrou que não está por dentro da história da Inter. O mandatário indonésio cometeu uma gafe que repercutiu em toda a imprensa italiana. 

Ao responder sobre o motivo de ter levado a investir no clube italiano Thohir revelou que passou a torcedor pela Inter devido ao 'trio de holandeses', que, no entanto, fez sucesso no arquirrival Milan.

"Comprar um clube de futebol não é só uma questão de negócios, você precisa amar essa equipe. Eu sou fã da Internazionale desde a época em que eles compraram o trio holandês e depois com a chegada de Ronaldo Fenômeno", declarou o presidente.

+ Internazionale anuncia lateral João Cancelo após troca com Valencia

Thohir possivelmente quis se referir a outro trio que fez sucesso em solo italiano, mas pela Inter: os alemães Lothar Matthaus, Andreas Brehme e Jürgen Klinsmann.

Desde que adquiriu o clube, em 2013, o cartola injetou dinheiro na agremiação, mas a maioria das contratações realizadas pela diretoria não vingou. Na última temporada, o time nerazzurro terminou a Serie A na sétima colocação, fora da zona de classificação às competições europeias.

VAVEL Logo