Com defesa desmontada, Real Madrid recebe Valencia no Bernabéu

Neste domingo (27) o Real Madrid recebe o Valencia às 17h15 no Estádio Santiago Bernabéu pela segunda rodada do Campeonato Espanhol. As duas equipes venceram na primeira rodada e querem manter a boa fase.

Na estreia na La Liga 2017-18 o time merengue venceu sem dificuldades o La Coruña fora de casa por 3 a 0 e agora quer manter a boa fase diante de sua torcida.

Já o Valencia iniciou o campeonato superando o Las Palmas em casa pelo placar mínimo e vai ao Bernabéu buscando manter o bom início na competição para almejar sonhos maiores que dos últimos anos.

Boa fase e bom retrospecto dentro de casa

As estatísticas não mentem, a equipe de Zinedine Zidane vem quebrando recordes e impressionando com a quantidade de títulos conquistados e neste começo de La Liga é a principal favorita ao título.

Mas para manter a boa série de jogos, Zidane terá alguns desfalques para montar o time titular. Sergio Ramos e Cristiano Ronaldo suspensos assim como Varane e Vallejo machucados não estarão à disposição do treinador, que será forçado a modificar a equipe.

Coletiva de imprensa de Zinedine Zidane | Foto: Divulgação/Real Madrid
Coletiva de imprensa de Zinedine Zidane | Foto: Divulgação/Real Madrid

“Varane quer ficar, quer jogar, mas ao mesmo tempo tem algo e eu não quero arriscar. Pra jogar amanhã é um pouco arriscado e eu não quero, a saúde do jogador me importa mais”, falou Zizou sobre a situação de Varane.

Os volantes Casemiro e Llorente podem ser improvisados na zaga ao lado de Nacho, único zagueiro disponível para o jogo. Os jovens zagueiros da base Tejero e Manu Hernando também podem ser utilizados. “Temos Casemiro e Llorente que já jogou muitas vezes nesta posição, vamos buscar soluções”, disse Zidane dando a entender que realmente improvisará algum jogador de meio-campo.

"Precisamos estar atentos"

Zidane reconheceu a dificuldade do confronto e a qualidade do adversário: “Será um confronto muito complicado, o Valencia vem mais forte do que em algumas temporadas anteriores e já se pôde notar na estreia. Precisamos estar atentos”.

Isco, Bale e Benzema devem formar o trio de ataque, assim como tem sido quando Cristiano Ronaldo não joga.

Equipe e motivação renovadas para mudar a escrita

Marcelino Garcia Toral, novo técnico do Valencia, se mostrou bastante motivado e esperançoso, mesmo diante de um adversário tão forte: “Vamos à Madrid com esperança. Para nós é um bom desafio neste momento. Somos um time em construção e pode marcar o nível que estamos e onde queremos estar”, comentou.

Se o Madrid tem problemas na defesa, o Valencia também tem. Garay, lesionado, ainda não está pronto e desfalcará a equipe: “Garay é dúvida por uma situação física, nada mais. É uma dúvida e não sabemos se jogará”.

São duas preocupações a menos

Perguntado se as ausências de Sergio Ramos e Cristiano Ronaldo poderiam ajudar na conquista dos três pontos, Marcelino foi sincero: “Eu mentiria se não dissesse que são duas preocupações a menos”, falou em meio a risos. “Qualquer jogador que entrar terá um rendimento parecido com o de quem estão substituindo”, completou.

Jeison Murillo e Kondogbia, recém contratados, também viajaram com a equipe e devem jogar. Completando as boas notícias, Dani Parejo retorna à equipe recuperado de lesão e poderá ser titular.

Dani Parejo no último treino antes da partida frente ao Real Madrid | Foto: Divulgação/Valencia CF
Dani Parejo no último treino antes da partida frente ao Real Madrid | Foto: Divulgação/Valencia CF

Sobre a motivação de enfrentar o Real Madrid, o capitão do Valencia explicou que “ganhar o Real Madrid não te dá mais que três pontos, mas é verdade que te dá muita confiança vencer esse tipo de jogo a nível de crescimento, de acreditar em si mesmo”.

A equipe valenciana contratou o zagueiro Gabriel Paulista, que estava no Arsenal, mas o brasileiro não estará à disposição para o jogo. Caso vença o Real Madrid, o Valencia derrubará uma escrita que já dura 9 anos ou 11 jogos sem vitória na casa do rival da capital espanhola.

VAVEL Logo