Asensio brilha novamente, mas Real Madrid fica no empate com Valencia

Jogando neste domingo (27) pela 2ª rodada do Campeonato Espanhol no Santiago Bernabéu, Real Madrid e Valencia empataram em 2 a 2 mais um jogo bem disputado entre as equipes na capital espanhola. A partida que terminou com gosto de vitória para os valencianos, ficará marcada pelas diversas chances de gols perdidas por Karim Benzema.  Com o empate, o time de Zidane cai para a quinta posição da Liga, Valencia fica em oitavo. 

Sem contar com seu principal jogador, Cristiano Ronaldo, suspenso por cinco jogos após empurrão no árbitro no primeiro jogo da Supercopa da Espanha, o destaque da partida e da posição foi Marco Asensio, autor dos dois gols blancos. Outra ausência foi a de zagueiros, sem Sergio Ramos - suspenso, Vallejo e Varane  - machucados, a opção para a zaga foi Casemiro. Do lado de Los Che, o goleiro Neto teve uma ótima atuação que garantiu o empate. 

Na próxima rodada, sábado (9), os merengues recebem o Levante no Santiago Bernabéu  e o Valencia joga no Mestalla contra o Atlético de Madrid, que goleou nesta 2ª rodada. 

Placar igual e chances perdidas

Era o primeiro jogo do Real Madrid no Santiago Bernabéu pelo Campeonato Espanhol 2017/18, o time da casa abriu o placar aos 9 minutos com Marco Asensio. O jovem aproveitou uma falha de passe da equipe de Valencia e fez o que sabe fazer de melhor: acertou um chute de fora da área. 1 a 0 para o Real Madrid. 

Apesar do gol logo no inicio, como era esperado, o Valencia não entregaria um jogo fácil em Madri.  Como manda a tradição, "Los Che" complicaram a vida de "Los Blancos" empatando a partida em boa jogada nas costas de Dani Carvajal, troca de passes de Gayá com Lato que acabou com o passe de Toni para Carlos Soler, sozinho, mandar para as redes. Gol do Valencia, 1 a 1 no Bernabéu. 

Com tudo igual, era natural que o Real Madrid saísse para buscar o gol e voltar a frente no placar. Karim Benzema teve boas chances em jogadas áreas e quando dominou para carregar a bola até a área e chutar. Marcelo, que era mais uma vez forte arma de ataque merengue, também tentou, mas a bola parava em Neto ou ia para fora. 

Antes do fim da primeira etapa, Isco teve boa chance na pequena área mas demorou para concluir e acabou perdendo a bola para defesa valenciana. A última jogada antes do descanso foi uma oportunidade que Benzema errou o tempo de bola e cabeceou para fora, perdendo mais uma de várias oportunidades que teve para balançar as redes. 

Benzema falha, mas Asensio evita derrota

Real Madrid voltou com mudanças, buscando dar mais controle ao meio de campo e uma segurança a mais na defesa, Zidane colocou Mateo Kovacic no lugar de Isco. No início da segunda etapa, Marcelo recebeu na lateral e cruzou, Benzema teve mais uma chance mas não conseguiu dominar e desperdiçou. A torcida começava a pegar no pé do francês, com reações menos pacientes a cada chance perdida. 

Real Madrid teve algumas boas chances como num chute de Luka Modric e em um cruzamento de Carvajal, mas em ambas as oportunidades o goleiro brasileiro Neto fez boas defesas. Minutos depois foi a vez de Keylor Navas trabalhar de verdade. Cobrança de falta de Parejo e o costarriquenho se esticou para tirar o perigo, fazendo ótima defesa. 

Minutos depois, aos 77, bola na área merengue sobra para Kondogbia chutar, sem chances para Navas, e virar o jogo para os visitantes. 2 a 1 para o Valencia no Santiago Bernabéu. Sem opções, o Real Madrid começaria a pressão para o gol de empate, abrindo espaços para contra-ataques do adversário. 

Aos 84 minutos, em cobrança de falta, Marco Asensio empatou o jogo em 2 a 2, mostrando mais uma vez que a ausência de CR7 será pouco sentida no que depender dele - é o camisa 20 que ocupou a posição do português em campo e chamou a responsabilidade. 

Antes do fim da partida, Benzema teve ótima chance sozinho após outra jogada de Marco e acabou chutando para fora, outra chance veio em cruzamento de Carvajal, desta vez o francês concluiu bem de cabeça mas Neto fez a defesa. No último minuto, o Valencia aproveitou o contra-ataque e quase ficou com a vitória, mas Nacho desarmou Zaza antes do valenciano concluir. 

VAVEL Logo