No provável último jogo de Pepe Reina, Napoli vira sobre Atalanta e espanta tabu

Neste domingo (27), pela segunda rodada da Serie A, o Napoli venceu de virada a Atalanta por 3 a 1 e espantou o fantasma bergamasco que rondava os lados do San Paolo: a Atalanta vinha de uma doppietta na última temporada, com duas vitórias sobre o Napoli. Parecia repetir o script quando abriu o placar com Cristante, mas na segunda etapa os napolitanos viraram com gols de Zielinski, Mertens e Rog.

Com o resultado, o Napoli chegou aos seis pontos na tabela, ocupando a terceira posição, perdendo para Juventus e Inter no saldo de gols. A Atalanta está na 18ª posição, entre os times que ainda não pontuaram na Serie A.

A partida foi marcada por homenagens das arquibancadas ao goleiro Pepe Reina, que pode estar de saída do time napolitano. Com proposta do Paris Saint-Germain, o veterano arqueiro foi ovacionado pela torcida partenopei e se emocionou após o encerramento do jogo.

Na próxima rodada, após a semana de datas FIFA, em datas ainda não desmembradas pela liga, o Napoli viaja para enfrentar o Bologna, enquanto a Atalanta recebe o Sassuolo sob seus domínios.

Atalanta joga pra vencer na primeira etapa

Cristante abriu o placar para Atalanta no San Paolo (Foto: Carlo Hermann/AFP/Getty Images)

O Napoli tentou nos primeiros minutos, criou uma boa chance com Mertens aos 10, defendida pelo goleiro, mas praticamente foi só isso. Os napolitanos chegavam perto da área, mas, como em um roteiro semelhante ao dos duelos da temporada passada, os bergamascos bloqueavam tudo.

O script era tão semelhante, que logo a Atalanta castigaria: aos 15 minutos, após cobrança de escanteio, Cristante ganhou de Maggio e subiu pra marcar, sem chances para Reina, abrindo o placar em pleno San Paolo. O time da casa só voltou a ameaçar aos 34, quando Ghoulam cruzou, a bola passou por Berisha e chegou limpa para Callejón completar, mas Gosens impediu o toque do espanhol.

A Atalanta respondeu com duas oportunidades: primeiro, aos 36, o ovacionado Reina fez grande defesa em chute de Ilicic. Depois, aos 41, outra vez o goleiro espanhol, em meio a especulações que esteja sua última partida com a camisa napolitana, defendeu jogada nerazzurra, dessa vez em cabeçada de Hateboer.

Napoli vira na segunda etapa

Tudo parecia com o mesmo script. A Atalanta se fechava, e o Napoli batia na parede. Tentava, mas não conseguia. Até que após rebatida de escanteio, aos 11 minutos, Zielinski emendou de fora da área e chutou no ângulo de Berisha. Um belo gol que colocava os napolitanos de volta na partida, e faria explodir o estádio San Paolo em alegria para os azzurri partenopei.

A virada napolitana não demorou para acontecer: Aos 16, Allan, que havia acabado de entrar, lançou Insigne pela esquerda, e ele só tocou pra Mertens entrar de carrinho e marcar o gol que colocou o Napoli na frente do marcador. Delírio dos tifosi napolitanos com a virada, era sinal de que a "asa negra" da Atalanta estava sucumbindo a força do time de Maurizio Sarri.

A partir daí, a Atalanta agiu pouco para tentar o gol de empate, mesmo com as mudanças do técnico Gianpiero Gasperini. Foram poucas as reais ameaças ao gol de Reina. Pelo contrário, nos minutos finais, foram os comandados de Maurizio Sarri quem foram efetivos. Rog foi às redes aos 42 minutos, após receber passe de Mertens dentro da área e chutar forte.

Após o apito final, festa napolitana pelas duas vitórias consecutivas e com emoção para Pepe Reina, que, ovacionado, deu a que pode ser a sua última volta olímpica com a camisa do Napoli, agradecendo o apoio da torcida no San Paolo.

Pepe Reina pode estar de saída do Napoli (Foto: Francesco Pecoraro/Getty Images)
VAVEL Logo