Volante Seri critica diretoria do Nice por encerrar sonho de ir ao Barcelona

Frustração. Não há palavra para definir melhor o que sente Jean-Michael Seri, meio-campista do Nice, em relação ao desfecho de sua negociação com o Barcelona. Nesta segunda-feira, o marfinense de 26 anos concedeu entrevista ao Mundo Deportivo e admite passar por um momento difícil e fez ataques diretos à diretoria do clube francês.

Na última quarta-feira (22), uma fonte do Barcelona declarou à Agência EFE que a equipe havia descartado a contratação de Seri por "questões técnicas". No entanto, o próprio meia rechaçou a especulação e revelou o real motivo por trás da desistência: "foi por questões financeiras. Me prometeram uma coisa e não cumpriram sua promessa, pedindo mais dinheiro que o estipulado".

Seri admitiu que não está conseguindo manter o foco no futebol e usou a partida contra o Napoli, pelos playoffs da Champions League, como um exemplo. Não à toa, ele não foi relacionado para o último jogo contra o Amiens. "Sinto-me muito mal. Não vou mentir, estou chateado. Para mim, o futebol sempre foi uma festa, uma alegria. Não joguei este final de semana porque não tenho a cabeça no futebol. Meu sonho de ir ao Barça se acabou e isso, para mim, é terrível", disse ao jornal catalão.

O jogador prosseguiu, revelando mais detalhes sobre o atrito com a diretoria: "Estive reunido durante mais de uma hora com dirigentes do Barcelona, e não me disseram nada sobre voltar atrás em minha contratação. Fui para casa feliz e, no dia seguinte, fiquei sabendo da notícia. Fiquei furioso ao ver que a operação estava rompida dessa forma incompreensível. Fui para os escritórios do Nice ver os dirigentes para saber o que havia acontecido. Então, explodi".

Seri não fez questão de ocultar o tamanho da sua fúria. "Garanto que as paredes tremeram. Os dirigentes do meu clube não me diziam nada, sequer me olhavam nos olhos. Estava bem claro que algo havia acontecido", disse.

Por fim, o marfinense admitiu ter esperanças de que a negociação ainda seja retomada, e ainda citou o interesse de outros clubes em seu futebol, como Arsenal, Borussia Dortmund, PSG, Juventus, Liverpool e Roma.

Jean-Michael Seri despertou a cobiça dos grandes times do continente após se destacar na última temporada pelo Nice. O jogador foi essencial na campanha que rendeu o terceiro lugar do Campeonato Francês ao clube, além de ter sido premiado com uma "vaga" na seleção do torneio, em cerimônia promovida pela UNFP.

VAVEL Logo