Sampaoli analisa empate contra Uruguai: “Não esperávamos que jogassem tão atrás"
Foto: Divulgação / AFA

Na noite desta quinta-feira (31), a Argentina viajou até o Uruguai, para enfrentar a seleção celeste, por mais uma rodada das eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

A partida terminou empatada em 0 a 0 e com o empate, os Uruguaios somaram 24 pontos e se encontram em 3º posição de classificação, já a Seleção Alviceleste, soma 23 pontos e está em quinta posição, na zona de repescagem para o mundial.

Essa partida ficou marcada por ser a primeira da seleção Argentina nas eliminatórias sob os comandos de Jorge Sampaoli. O técnico assumiu a seleção em 2017 após a má campanha de Bauza, e veio do Sevilla para tentar a classificação.

Após sua estreia, Sampaoli disse “Tivemos chances claras, no primeiro tempo e algumas no segundo, mas hoje, apesar da nossa inconformidade, nos obriga tratar com muito mais precisão na hora das escolhas em cada partida. Qualquer ato de desespero ou algo que não tenha a ver com o futebol pode nos deixar fora do Mundial” disse o comandante.

Sampaoli ainda disse que não esperava encontrar o Uruguai da maneira em que encontrou

“Não esperávamos que o Uruguai jogasse tão atrás. Esperávamos uma partida mais aberta. Foi difícil de entender, porque jogamos todo o tempo com os defensores em sua metade do campo. E isso nos gerou alguns contra-ataques. Mas creio que a intenção da nossa equipe ficou bem clara “ comentou.

Para o técnico, a Argentina ficou durante os 90 minutos buscando espaços, mas o Uruguai sempre se manteve em sua própria área.

O ataque argentino contou com a experiência do craque Lionel Messi, do jovem Dybala e de Icardi, o comandante analisou o trabalho dos três e não poupou elogios para Messi

“Creio que em diferentes escalas houve muita busca dos três. Com pouco espaço, Icardi muito marcado pelos dois zagueiros, inclusive os laterais. Era muito difícil penetrar diante dos jogadores. Creio que os três tentaram, tiveram chances. Houve algumas boas jogadas de Messi e Dybala no primeiro tempo. Messi esteve enorme. Valorizou muita a partida, chamou a responsabilidade a todo momento, fez uma partida muito boa” analisou.

As próximas partidas da alviceleste são contra: Venezuela e Peru, e a Argentina precisa da vitória para conseguir a vaga. Para Sampaoli, uma das dificuldades perante a Venezuela, é a velocidade presente na equipe e o treinador garante que a seleção deve ser mais agressiva nestes últimos jogos das eliminatórias.

VAVEL Logo