Fora de casa, Síria arranca empate heroico com Irã e garante inédita vaga na pré-respecagem
Foto: AFP/Atta Kenare

Em um jogo que já era histórico antes mesmo de acontecer – por existir a possibilidade da Síria se classificar para uma Copa do Mundo –, os sírios viajaram até Teerã, para enfrentar o Irã, no Estádio Azadi, pela última rodada do Grupo 1 das Eliminatórias Asiáticas. Com uma atuação histórica e um gol já nos minutos finais da partida, os visitantes conseguiram arrancar um empate de 2 a 2.

Com o resultado, a Seleção Síria alcançou uma vaga na pré-repescagem, algo que era inimaginável no começo das Eliminatórias. Os sírios aguardam, agora, o confronto com a Austrália. A seleção da Oceania ficou em terceiro lugar da Grupo 2 da competição após a Arábia Saudita derrotar a Seleção Japonesa por 1 a 0 e garantir a sua vaga direta, por terminar na segunda colocação da chave. O vencedor desse confronto enfrenta o quarto colocado das Eliminatórias da Concacaf – que é, atualmente, os Estados Unidos.

Estando invicta na competição, a Seleção Iraniana era a clara favorita para a partida, ainda mais jogando dentro de seus domínios. Porém, a Síria não se importou com essas circunstâncias e abriu o placar: aos 12 minutos, Al Soma chutou de muito longe, o goleiro Beiranvand não conseguiu defender e, na sobra, Tamer Haj Mohammed completou para o fundo das redes.

A Seleção Iraniana não se acuou com o gol e continuou tentando reverter essa situação negativa. Ainda no primeiro tempo, Sardar Azmoun, de peito, empataria a partida no rebote de uma cabeçada de Taremi. A pressão continuaria na etapa complementar e, aos 18 minutos, Hajsafi cobraria um lateral longo para dentro da área, o mesmo Taremi desviaria e, mais uma vez, Azmoun completaria para dentro do gol sírio.

Jogadores comemoram classificação histórica (Foto: AFP/Atta Kenare)
Jogadores comemoram classificação histórica (Foto: AFP/Atta Kenare)

Com esse resultado, a Seleção Síria estaria de fora da vaga na pré-repescagem, já que o Uzbequistão estaria ultrapassando-os. Essa situação melancólica permaneceria até os 48 minutos, quando, após um passe errado vindo da defesa iraniana, Omari recebeu com liberdade, avançou até a entrada da área e rola para o artilheiro Omar Al Soma tocar entre as pernas do goleiro.

A festa, mesmo fora de casa, foi garantida. Todos os jogadores, o treinador Ayman Hakeem e os membros da comissão técnica invadiram o gramado após o término da partida para comemorar o feito. Com o resultado, a Síria conquistou uma inédita vaga para a pré-repescagem da Copa do Mundo. 

VAVEL Logo