Turquia não joga bem, mas derrota Croácia e segue viva nas Eliminatórias
Foto: Anadolu Agency/Anadolu Agency

Está tudo embolado no Grupo I das Eliminatórias Européias para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia. Graças a um resultado que ocorreu nessa terça-feira (5). A Turquia, no Yeni Eskisehir Stadyumu, derrotou a Croácia por 1 a 0, graças a um gol do atacante Cenk Tosun, do Besiktas.

Com o resultado, a Croácia permanece como líder da chave, porém vendo a Islândia, que derrotou a Ucrânia por 2 a 0 com dois gols de Gylfi Sigurdsson, com a mesma quantidade de pontos (16), tendo a diferença no saldo de gols. A Turquia, por sua vez, se recuperou da derrota na última rodada, e, com a combinação de resultados, subiu para o terceiro lugar e, estando com 14 pontos, tem chances de classificar nas últimas duas rodadas, que serão disputadas no mês que vem.

Rodadas que serão cruciais para essas quatro seleções, que têm chance de se classificarem, tanto na vaga direta quanto na repescagem, para a Copa do Mundo: a Turquia enfrentará a Islândia, dentro de casa, e a Finlândia em Helsinki; Já a Croácia enfrentará também a Seleção Finlandesa dentro de seus domínios e encerrará a participação na competição contra a Ucrânia, em Kiev.

No primeiro tempo, a torcida que esteve presente no estádio em Eskisehir não viu um futebol animador, muito pelo contrário: a seleção de Mircea Lucescu não teve nenhum chute na direção da meta defendida por Daniel Subasic, viu a Croácia ser superior durante a maior do tempo, criando chances de gol e deixou o campo no intervalo sob vaias.

Tosun comemorando o seu gol. (Foto: Anadolu Agency/Anadolu Agency)
Tosun comemorando o seu gol. (Foto: Anadolu Agency/Anadolu Agency)

Na etapa complementar, a Seleção Turca voltou ao gramado com mais vontade, tentando atacar mais, mas falta inspiração: a maioria das jogadas vinha de um chutão da dupla de zaga buscando Tosun ou Burak, o que deu errado na maior parte das vezes, já que os dois estavam isolados. Com a entrada de Emre Mor no lugar de Arda Turan, a equipe passou a ter uma válvula de escape pelos lados do campo e melhorou a sua partida.

Apenas com cinco minutos com o novo jogador do Celta de Vigo em campo, a Turquia achou o seu gol: Calhanoglu fez boa jogada e achou Oyzakup com liberdade, o volante do Besiktas avançou e deu um forte chute da entrada da área, o goleiro Subasic não conseguiu defender e, no rebote, Cenk Tosun completou para as redes para a euforia dos fãs presentes nas arquibancadas, que apoiaram a Seleção por grande parte da partida e ajudaram a mesma a se manter na briga pela próxima Copa do Mundo.

VAVEL Logo