Atrás do placar por duas vezes, Simone Inzaghi celebra poder de reação da Lazio na Holanda

Vivendo um bom momento na Serie A, a Lazio estreou nesta quinta-feira (14), em jogo fora de casa pela na fase de grupos da Uefa Europa League. Mostrando muita determinação, a equipe italiana venceu o Vitesse de virada, por 3 a 2.

Ao término da partida, Simone Inzaghi, com atuação muito importante à beira do gramado para a reação Biancocelesti contra o Vitesse, concedeu entrevista à imprensa e falou sobre as suas impressões acerca da partida. O comandante admitiu o descuido da equipe no primeiro gol sofrido e lamentou as chances perdidas.

"Eu acredito que tivemos uma boa performance na primeira metade do jogo, não fomos tão mal assim, mas deveríamos ter aproveitado melhor as chances criadas. O Vitesse estava em um bom momento da partida com um ótimo ritmo ofensivo, nós sofremos o gol por distração", observou o treinador.

Indo pro intervalo em desvantagem, Simone Inzaghi promoveu alterações essenciais que garantiram a vitória, além de ter mudado a configuração tática de sua equipe. Propondo uma formação com quatro defensores, ao invés dos três que atuaram na primeira etapa, a Lazio migrou para um 4-3-1-2.

"Nós fizemos alguns ajustes táticos no intervalo e eu estou feliz que os jogadores compreenderam bem o que eu havia proposto. Foi a primeira vez nesta temporada que ficamos atrás do placar, então eu fiquei satisfeito em ver como o time lidou com esse tipo de situação. Tive as respostas que estava procurando em nossa performance e conseguimos o ótimo resultado", comemorou.

Além de Ciro Immobile, outro jogador que brilhou após a alteração de posicionamento foi o meio-campista Luis Alberto, que passou a ser o principal criador das jogadas de perigo dos Biancocelesti. O treinador laziale não poupou elogios ao espanhol.

"Esta noite ele [Luis Alberto] teve três diferentes funções no jogo, começando como um segundo atacante, depois mudando para meia-atacante e depois com a função de recompor a marcação enquanto não tínhamos a bola. Ele passou por algumas dificuldades para entender bem o que eu queria, pois não domina tão bem o idioma e está se adaptando ao futebol italiano, mas vem sendo muito importante para nós. É um jogador imparável e não podemos abrir mão de tê-lo em campo nesta temporada", concluiu Inzaghi.

VAVEL Logo