Com gol de Wagner, Hoffenheim empata com Hertha Berlin em casa
Atacante alemão comemora gol (Foto: Divulgação/Bundesliga)

Na manhã deste domingo (17), as equipes do Hoffenheim e do Hertha Berlin voltaram a campo em partida válida pela quarta rodada da Bundelisga 2017/18, na Rhein-Neckar-Arena, em Sinsheim.

Depois dos 90 minutos de bola, rolando a partida terminou empatada em um a um, com gols de Sandro Wagner e Alexander Esswein. Com o ponto conquistado por cada equipe, o time de Berlim perde posições e é o 11º, com cinco pontos. Já o Hoffenheim segue entre os quatro primeiros, com oito pontos.

Donos da casa abrem o placar no início e controlam

Ambas equipes haviam jogado no meio de semana pela primeira rodada da fase de grupos da UEFA Europa League. Em relação ao time que empatou com o Athletic Bilbao, o técnico Pál Dárdai promoveu algumas mudanças - inclusive colocando o capitão Vedad Ibisevic no banco. Já o Hoffenheim manteve praticamente a mesma escalação.

Logo aos seis minutos, pode-se ver a diferença. Mais entrosados, os donos da casa tinham mais posse de bola e controlavam o meio-campo. Depois de boa cobrança de Demirbay, o centro-avante Sandro Wagner subiu mais do que os defensores do Hertha para abrir o placar: um a zero.

Foto: Bundesliga/ Divulgação
Foto: Bundesliga/ Divulgação

Com a vantagem no marcador, a equipe do Sul continuava pressionando. O time da capital tentava reagir, chegando pelo lado esquerdo com Plattenhardt, mas pecava no último passe. Aos 30, em mais um escanteio do camisa 10 Demirbay, os donos da casa por pouco não ampliaram a vantagem com uma cabeçada do meia Hubner.

Seis minutos depois, depois depois de boa jogada individual de Esswein, o arqueiro Baumann impediu que o time de Berlim empatasse, salvando em cima da linha. Aos 42, na saída errada de Hubner, os visitantes voltaram a ter chance no chute de Ondrej Duda, defendido pelo goleiro adversário.

Esswein marca e Hertha segura o empate

O Hertha voltou melhor no segundo tempo. Jogando de maneira mais agressiva, Esswein acertou o travessão de Baumann logo anos 48. Na sequência do lance, recebeu livre de Leckie, mas o goleiro voltou a fazer uma grande defesa, salvando seu time.

Foto: Bundesliga/ Divulgação
Foto: Bundesliga/ Divulgação

Aos 54, após ótimo cruzamento de Plattenhardt, Esswein teve mais uma chance de cabeça e, dessa vez, não desperdiçou: ganhando de Nordtveit, balançou as redes para empatar.

Depois do empate, o Hoffenheim partiu para o ataque, em busca dos três pontos. Dessa forma, o técnico Julian Naglesmann promoveu a entrada de três novos jogadores: Uth, Schulz e Passlack. Porém, seu time não conseguiu render tanto quanto na primeira etapa. Depois de mais 45 minutos, o confronto terminou empatado.

VAVEL Logo