Leonardo Jardim lamenta virada e e julga como difícil classificação na Champions
Foto: Divulgação/Monaco

Três jogos e apenas um ponto conquistado. O cenário do Monaco na Uefa Champions League está muito complicado. Nesta terça-feira, pela terceira rodada do Grupo G, os monegascos foram derrotados pelo Besiktas de virada, dentro de seus domínios, por 2 a 1. Radamel Falcao García abriu o placar, mas Cenk Tosun marcou duas vezes para reverter o placar.

A equipe turca possui nove pontos, invicta e próxima da classificação. O Leipzig bateu o Porto em confronto direto e agora soma quatro pontos, enquanto que os portugueses estão com três. O time do principado tem apenas um ponto. Na quarta-feira (1/11) os confrontos voltam a se repetir, desta vez com inversão de mando. Diante deste cenário, basicamente o ASM somar o maior número de pontos, fazendo dois jogos fora de casa.

Após a dura derrota, Leonardo Jardim tentou explicar o que aconteceu. O técnico português comentou o que precisa para permanecer na briga pela vaga: “Os jogadores deram tudo, eles trabalharam muito, o Besiktas demonstrou ter mais experiência nos duelos e soube como controlar os momentos importantes do jogo. Porto e Leipzig estão bastante perto de nós, há uma possibilidade, mas temos que ganhar pelo menos duas partidas.”

“Foi uma noite difícil, porque perdemos um ponto importante em casa. A equipe tentou dar o máximo. No primeiro tempo, tivemos falta de eficácia na finalização das jogadas. O adversário hoje jogou mais simples e foi eficaz. O Besiktas jogou com mais maturidade e experiência”, analisou o comandante.

Questionado sobre as chances de avançar as oitavas de final, Jardim citou os cenários possíveis: “É difícil conseguir a classificação para a próxima fase, apesar de ainda estarem por disputar metade dos pontos. Existem nove pontos em disputa, sendo que as duas equipes à nossa frente têm quatro e três pontos, respetivamente.”

“Neste momento temos que nós recuperar para o próximo jogo da Ligue 1. Crise? O time não está rendendo o esperado. Nos últimos dois jogos, sofremos gols nos instantes finais. O segundo gol do Besiktas foi marcado em posição irregular, mas o futebol é mesmo assim. Temos de saber lidar com os maus momentos da mesma forma que temos de saber lidar com os momentos bons”, concluiu Leonardo já mudando a chave e passando a pensar na recuperação no Campeonato Francês.

Apenas 7,403 torcedores acompanharam a partida no Stade Louis II. Jemerson e Fabinho começaram como titulares, Boschilia entrou no segundo tempo. Jorge ficou no banco, Sidibé atuou pela lateral-esquerda. O próximo jogo será diante do Caen, o sábado (21), às 12h. A equipe é a segunda colocada com 19 pontos, o PSG lidera com 25.

VAVEL Logo