Invicta, Internazionale visita Hellas Verona em duelos de extremos
Arte: Bruno Nicolodi/VAVEL.com

Com excelente início de temporada, a Internazionale vai ao Nordeste da Itália enfrentar o Hellas Verona, às 17h45 desta segunda-feira (30), pelo encerramento da 11ª rodada da Serie A. Invictos, os nerazzurri buscam continuar entre os primeiros colocados da liga, enquanto os gialloblù querem sair da zona de rebaixamento. O jogo ocorrerá no estádio Marc'Antonio Bentegodi, em Verona.

Os principais rivais da Inter pelo topo da Serie A venceram no fim de semana. O Napoli derrotou o Sassuolo, a Juve venceu o clássico contra o Milan, a Lazio goleou o Benevento, e Roma levou a melhor sobre o Bologna. Com esses resultados, a Beneamata, que começou a rodada em segundo lugar, caiu para o quarto posto. O time de Milão tem 26 pontos, dois atrás de Lazio e Juventus, e cinco de distância para o líder Napoli.

Mais do que os três pontos, a vitória contra o Hellas Verona pode significar muito mais à Inter. É que o clube alcançará o seu melhor começo na história do campeonato em caso de triunfo no Nordeste do país.

A menos que haja um imprevisto, o técnico Luciano Spalletti mandará a campo o mesmo time que venceu a Sampdoria, na última terça-feira (24). A formação tática também é a mesma, um 4-2-3-1. Sendo assim, a equipe nerazzurra em campo no Bentegodi terá: Handanovic; D'Ambrosio, Skriniar, Miranda, Nagatomo; Vecino, Gagliardini; Candreva, Borja Valero, Perisic; Icardi.

+ Icardi visa título pela Inter e promete se aposentar aos 40 anos: "Não sou como Totti"

"Há muitas equipes que estão correndo agora, não apenas aquelas na nossa frente, mas também Fiorentina e Sampdoria, que estão se recuperando rapidamente. Não podemos dar ao luxo de diminuir a velocidade", alertou Spalletti, em entrevista coletiva. "A parte difícil vem agora, porque temos que ficar nesse grupo no topo da tabela".

O Verona, por sua vez, espera tirar a invencibilidade da Beneamata e, de quebra, deixar a zona de descenso. A equipe veronesa ocupa a 19ª colocação, com seis pontos, e um triunfo nesta segunda-feira a fará subir três posições, ultrapassando Genoa, Sassuolo e Spal.

Os comandados de Fabio Pecchia vêm de derrota, por 3 a 0, diante da Atalanta. Para o embate ante à Inter, o treinador não poderá contar com Cáceres, Ferrari, Franco Zuculini, Büchel, Valoti, Bianchetti e Kumbulla

Pecchi deve promover algumas modificações no meio-campo e no ataque do time, que joga no sistema 4-4-1-1. A primeira delas é a entrada de Bruno Zuculini no lugar de FossatiCerci seria deslocado à posição de trequartista (armador), para abastecer Pazzini, que volta à titularidade e deixa o jovem Moise Kean no banco. Verde assume a meia direita, que antes era de Cerci. Com isso, o provável Hellas Verona tem: Nicolas; Romulo, Caracciolo, Heurtaux, Souprayen; Verde, B. Zuculini, Bessa, Fares; Cerci; Pazzini.

Em entrevista ao canal Mediaset Premium, Pecchia exaltou o técnico da Inter, Spalletti. "Conhecendo Spalletti, não posso considerar essa Inter como uma revelação. Está apenas confirmando o bom trabalho do treinador com um time forte. A Inter tem muitos talentos à disposição dele", afirmou o treinador, que trabalhou com Spalletti quando ainda era jogador, nos tempos de Sampdoria, em 1998/19.

VAVEL Logo