Segundo imprensa italiana, Atletico de Madrid teria pré acordo com meia Lucas Torreira

Segundo a imprensa italiana, um dos principais destaques da Sampdoria na Serie A na atual temporada, o jovem volante uruguaio Lucas Torreira interessaria o Atletico de Madrid, que teria um pré acordo já acertado de €40M junto ao clube italiano para tê-lo em seu elenco, assim que a sansão do TAS (Tribunal Arbitral do Esporte) que vetou transferências ao clube por irregularidades na contratação de jogadores menores de idade, impedindo que sejam inscritos novos jogadores até janeiro de 2018. Vale lembrar que o clube contratou o atacante brasileiro naturalizado espanhol Diego Costa, que por conta dessa sansão, só estará disponível para o clube madrilenho em janeiro. 

Aos 21 anos, Torreira iniciou sua carreira no Montevideo Wanderers e chegou ao Pescara em 2014 para as equipes de base. Atacante de origem, o uruguaio mudou de posição ao ser promovido para o time principal por Massimo Oddo, transferindo o jogador para o meio campo, mais especificamente na posição de primeiro volante.

Ainda no Pescara, o jogador foi transferido para a Sampdoria pelo valor de €1,5M, permanecendo emprestado aos Delfini. Em duas temporadas disputando a Serie B fez 36 partidas, marcando cinco gols e participando da classificação da equipe a Serie A na temporada 2015/16. quando derrotaram o Trapani nos playoffs de acesso. 

Pela Sampdoria na atual temporada, fez 11 partidas, marcando dois gols e dando uma assistência, no clube o qual ele defende desde a temporada passada e vem sendo notabilizado por sua consistência na saída de bola, por sua força física, mesmo sendo um volante baixo para os padrões atuais, tendo 1,68m.

Com passaporte espanhol, Torreira não ocuparia vagas extracomunitárias e sua contratação teria como objetivo garantir uma reposição de qualidade para Gabi, volante e capitão do Atletico e que já está com 34 anos. Caso venha a ser contratado, Torreira, que ainda não foi convocado para a seleção principal do Uruguai, terá a compania dos compatriotas Diego Godín e José Maria Gimenez. 

VAVEL Logo