Manchester United vence Benfica com facilidade e encaminha classificação

No segundo jogo entre as equipes na Uefa Champions League 2017/18 pelo Grupo A, Manchester United e Benfica se enfrentaram no Old Trafford, na tarde desta terça-feira (31). Os anfitriões saíram com a vitória por 2 a 0, com gols de Nemanja MaticDaley Blind de pênalti e conseguiram se aproximar cada vez mais da classificação. Anthony Martial ainda perdeu uma penalidade máxima no primeiro tempo, defendido por Svilar.

Matematicamente, o United está a um empate de conquistar a classificação para as oitavas de competição. A agremiação inglesa mantém o 100% de aproveitamente e chega aos 12 pontos em quatro jogos disputados, ficando com seis de vantagem para os segundo e terceiro colocados, Basel e CSKA, respectivamente. O Benfica continua na última posição, com nenhum ponto ganho, e fica com a situação cada vez mais delicada. 

Os times voltam suas atenções para os seus respectivos campeonatos nacionais e só voltam a entrar em campo pelo certame continental no próximo dia 22 de novembro, quando os Red Devils viajam para visitar o Basel e os Encarnados visitam o CSKA, em partidas válidas pela quinta rodada da Chave A. 

Martial perde pênalti, mas United marca no fim do primeiro tempo

A equipe que se apresentou no ataque primeiro foi o Benfica, dada o desespero do time para conquistar pontos no fim da fase de grupos. Os benfiquistas apareceram em cobrança de escanteio que Smalling desviou sem querer para o próprio gol, mas a bola acabou indo fraco e De Gea fez a defesa. Os visitantes chegaram novamente, aos sete minutos, mas agora com um arremate de fora da área. Início de jogo indica que o Benfica teria a bola, enquanto que o United tentaria se aproveitar de contra-ataques. 

Aos 13 minutos, Martial fez jogada individual na área e acabou sendo derrubado pela zaga, sendo marcado o pênalti. Na cobrança, o goleiro acabou caindo para o lado certo e fazendo a defesa na batida do própro francês. Gonçalves, aos 17, arriscou um chute de fora da área depois de abrir espaço e obrigou De Gea a cair com mãos trocadas para fazer a defesa e mandar para novo escanteio. Benfica melhor no começo do jogo. 

Depois dos 20 minutos, o United passou a ter maior controle da partida, buscando ter a bola por mais tempo e sempre buscando criar jogadas para/com Lukaku e Martial, que foram os principais nomes ofensivos dos Red Devils na primeira etapa. O Benfica, por sua vez, passou a se segurar na defesa e tentar se aproveitar do contra-ataque, mas não chegou a criar mais nenhuma oportunidade que desse maior perigo ao gol de De Gea. Já aos 44, Matic aproveitou e arriscou chute de fora da área. A bola bateu na trave, nas costas de Svilar e morreu no fundo das redes. 

Blind converte nova penalidade e donos da casa saem com a vitória sem dificuldade

United continuou tentando controlar o jogo, assim como foi na parte final do primeiro tempo, e, aos oito minutos, chegou com Martial, que passou por dois marcadores, mas acabou errando no cruzamento. No minuto seguinte, o mesmo francês se atrapalhou quando tentou fazer jogada individual, buscando abrir espaço para o arremate. Quase aos 15, o Benfica chegou com perigo, com Diogo Gonçalves, que bateu para o gol e viu o goleiro fazer a defesa. 

A defesa do United acabou batendo cabeça e um passe mal feito acabou sendo roubado por Raúl Jiménez, que apareceu livre de cara com o De Gea, mas não acertou o chute, mandando na trave e para a linha de fundo. Os donos da casa quase chegaram no segundo gol com um passe em profundidade para Lukaku, mas o atacante não se entendeu com o companheiro e a redonda foi afastada. 

Aos 31, Rashford foi derrubado dentro da área e o segundo pênalti da noite foi marcado para o United. Na cobrança, Blind não titubeou e ampliou a vantagem para os anfitriões. Aos 40, Lukaku recebeu bola dentro da área e arriscou com força, mas foi bloqueado pela marcação.

VAVEL Logo