Sporting CP viaja 7.000 km, vira para cima do Astana e encaminha classificação às oitavas da UEL

No primeiro confronto do dia, nesta quinta-feira (15), no mata-mata da fase de 16 avos de final da Uefa Europa League, o Sporting CP abriu vantagem fora de casa, ao bater o FC Astana, na Astana Arena, no Cazaquistão, pelo placar de 3 a 1. Nesta partida de ida, os gols foram marcados por Bruno Fernandes, Gelson Martins e Seydou Doumbia, Marin Tomasov descontou.

O próximo duelo está marcado para a próxima quinta-feira (22), no José Alvalade, em Lisboa, em Portugal. Os leões que vieram da fase de grupos da Uefa Champions League podem perder por até dois gols, que mesmo assim garante vaga na próxima fase. Já a equipe cazaque, que foi a segunda colocada do grupo A, terá uma tarefa muito difícil para reverter a situação e não fazer feio longe de seus domínios.

No primeiro tempo, o Astana abriu o marcador logo aos sete minutos de jogo. Igor Shitov deu um belo passe para o croata Marin Tomasov pegar bonito de esquerda, no canto direito, sem chances para o arqueiro Rui Patrício. Com poucas chances de gol, o jogo seguia muito truncado e o Sporting sentia a falta de seu artilheiro Bas Dost, desfalque na partida de hoje.

O clube português tinha mais posse de bola, porém era o Astana quem criava as melhores oportunidades. Aos 32 minutos, Twumasi arrematou da entrada da área, obrigando Rui Patrício a trabalhar, no rebote, Despotovic chutou no alto e o goleiro de Portugal mandou para escanteio.

Freando o ímpeto adversário e igualando as ações, os leões tentavam furar a defesa cazaque em investidas pelo lado direito com Piccini e Gelson Martins. Doumbia ainda chegou a balançar as redes, porém o gol foi anulado erroneamente por impedimento. Enquanto Bruno Fernandes também tentava, em cobrança de falta, mas Eric estava lá para bloquear.

No começo da segunda etapa, aos 47 minutos, Logvinenko pôs a mão na bola dentro da área e o árbitro Ruddy Buquet assinalou pênalti. Bruno Fernandes bateu firme no canto e empatou a partida, 1 a 1. Sem tempo de respirar o time da casa levou o segundo logo na sequência. Acuña lançou para Gelson Martins, que arrematou de perna direita, cruzado, virando o duelo aos 50 minutos, 2 a 1.

Seguindo o embalo e querendo resolver o confronto logo no jogo de ida, o Sporting anotou mais um. Seydou Doumbia, apareceu livre na pequena área para ampliar, ao receber o passe de Bruno Fernandes, que fez a ligação em jogada de contra-ataque, 3 a 1.

Controlando bem as jogadas, sem rifar a bola e com um jogador a mais, Logvinenko recebeu o segundo amarelo e foi expulso aos 62 minutos, os portugueses continuavam pressionando e Bryan Ruiz perdeu grande chance de aumentar o placar aos 63 minutos. Aos 75, foi a vez de Gelson Martins ficar no quase, mas Nenad Eric estava disposto a evitar uma goleada e seguiu assim até o apito final.

VAVEL Logo