De Bale a Kovacic: opções de Zidane para possível ausência de Kroos na UCL contra PSG

Mudança na forma de jogo ou mesmo esquema: como Zidane montaria o Real Madrid numa possível ausência de Kroos na volta contra o PSG

De Bale a Kovacic: opções de Zidane para possível ausência de Kroos na UCL contra PSG
Foto: Angel Martínez/Getty Images

A lesão de Toni Kroos no joelho pegou todos de surpresa pelos lados do Bernabéu. Não se sabe ainda se ele estará apto para o duelo de volta das oitavas de finais da Uefa Champions League contra o PSG, o que causa uma bela dor de cabeça para Zinédine Zidane, que, caso o alemão não vá a campo, terá de escolher um substituto que pode ou não mudar a forma dos merengues de atuarem.

Com isso, fica a dúvida para uma possível troca que o francês faria numa possível ausência de Kroos. Em tese, o favorito para herdar a vaga do camisa 8 seria Gareth Bale, que voltaria a formar o trio BBC ao lado de Benzema Cristiano Ronaldo, fazendo com que Isco mudasse de função e fosse para a posição de Kroos, jogando de um lado e Luka Modric do outro.

A segunda opção seria um jogador que Zidane já mostrou apreciar bastante por conta da sua garra e vontade de ajudar, além de ser um "coringa", de certo modo. Lucas Vázquez provavelmente faria a mesma função de Bale, mas com uma tendência a defender melhor e mas que o galês. Seria outra opção a se pensar.

Quem já mostrou que gosta de aparecer em jogos em grandes e é um diamante a ser ainda mais lapidado pelo Real Madrid é Marco Asensio. O jovem meia entrou e mudou a cara do time contra o PSG, dando assistência para o gol de Marcelo e fazendo a jogada para o segundo de CR7. Com Asensio, provavelmente o Madrid iria em um 4-4-2 com dois meias abertos, já que o próprio gosta de jogar pelo lado esquerdo e não o direito.

Essencial contra o PSG, meia poderia pintar na volta | Foto: Getty Images
Essencial contra o PSG, meia poderia pintar na volta | Foto: Getty Images

Por fim, a troca mais "certa" e menos arriscada para o Parc des Princes: Mateo Kovacic. O croata já mostrou que pode fazer qualquer função no meio de campo merengue e, além de ser muito bom com a bola nos pés, tem a vantagem de ser um bom defensor e fechar bem os espaços, além de conseguir quebrar linhas e avançar bem com a bola pelo meio.

Enfim, as opções são as mais diversas para Zidane, caso Kroos não esteja apto a atuar. Ele pode optar por um time até mais ofensivo e talentoso, mas tendo a preocupação dos contra-ataques e espaços cedidos para os franceses, como pode usar a mesma formação igual a que usou no Bernabéu, mas com um bônus pela maior força de marcação de Kovacic em relação a Kroos.

Claro que tudo isso são hipóteses, já que ainda não é certeza a ausência do alemão para o importantíssimo jogo de volta, mas é algo que Zidane terá de observar bastante, na medida que tudo se desenrolar.