Real Madrid toma susto no início, mas derrota Leganés em jogo atrasado

Merengues saem atrás, mas viram sem problemas e assumem terceira colocação

Real Madrid toma susto no início, mas derrota Leganés em jogo atrasado
Foto: Oscar Del Pozo/Getty Images
Leganés
1 3
Real Madrid
Leganés: Cuéllar; Tito, Bustinza, Siovas (Mantovani, intervalo) e Rico; El Zhar, Gumbau (Ruben Pérez, intervalo), Gabriel Pires, Eraso e Omar Ramos (Amrabata, Min. 72); Beauvue. técnico: Asier Garitano
Real Madrid: Casilla; Carvajal, Varane, Ramos e Theo; Casemiro, Kovacic (Ceballos, Min. 90+2) e Isco (Llorente, Min. 87); Asensio, Benzema (Bale, Min. 76) e Vázquez. técnico: Zinédine Zidane
Placar: 1-0, Bustinza, Min. 6; 1-1, Vázquez, Min. 11; 1-2, Casemiro, Min. 29; 1-3, Ramos, Min. 90
ÁRBITRO: Jose Luis Gonzalez Gonzalez; cartões amarelos: Rico (Min. 51), Ramos (Min. 57), Cuéllar (Min. 85), Ruben Pérez (Min. 86)
INCIDENCIAS: partida atrasada válida pela 16ª rodada do campeonato espanhol 2017/18, realizada no estádio municipal de butarque, em madri

Confirmando a boa fase, o Real Madrid foi até o estádio Municipal de Butarque e venceu o Leganés por 3 a 1, em jogo atrasado da 16ª rodada do Campeonato Espanhol 2017/18. Os donos da casa até saíram na frente com Bustinza, mas Lucas VázquezCasemiro Sergio Ramos marcaram os gols da virada merengue.

Com a vitória, o Real Madrid assume a terceira colocação do campeonato, chegando aos 48 pontos. O Leganés, por outro lado, permanece na 13ª colocação com 29 pontos.

Com o número de jogos completos, ambos os times visam a continuação do campeonato no próximo sábado (24). Às 14h30, o Leganés recebe o desesperado Las Palmas, enquanto os blancos querem manter a boa fase contra o Alavés, no Santiago Bernabéu, às 12h15.

Madrid toma susto, mas alcança virada

Vázquez foi o grande destaque do primeiro tempo | Foto: Oscar Del Pozo/Getty Images
Vázquez foi o grande destaque do primeiro tempo | Foto: Oscar Del Pozo/Getty Images

Embalado, os merengues buscavam uma vitória tranquila contra seu algoz da temporada, mas o início não teve esse caminho. Após cobrança de escanteio da esquerda, Gabriel Pires desviou na primeira trave e Bustinza se jogou para cabecear, mas Castilla fez defesa à queima-roupa. Porém, a bola ficou viva na pequena área e o zagueiro do Leganés se jogou, aproveitando pequena desatenção de Theo Hernández e abriu o placar: 1 a 0 Leganés.

Só que o gol dos donos da casa só serviu para acordar um alternativo Real Madrid no estádio Municipal de Butarque. Cinco minutos depois, Benzema passou para Kovacic, que tentou passe para Casemiro, só que a bola passou pelo brasileiro e sobrou para Lucas Vázquez na área, que finalizou cruzado e deixou tudo igual: 1 a 1.

Os merengues ganharam ainda mais moral com o empate, chegando até com certa facilidade em busca do segundo gol. E após boa quantidade de tentativas, os visitantes alcançaram a virada, e em grande forma, quando Benzema saiu da área, passou para Casemiro, que devolveu no francês, ele tocou para Lucas Vázquez, que deu de primeira para o volante brasileiro e o camisa 14 finalizou bonito, de primeira, no cantinho de Cuéllar: 2 a 1 Real Madrid. Depois disso, a partida ficou um pouco morna e sem chances.

Segundo tempo morno, mas com gol no fim para selar triunfo blanco

Foto: Oscar Del Pozo/Getty Images
Foto: Oscar Del Pozo/Getty Images

Diferente da primeira etapa, o segundo tempo foi bem mais morno no subúrbio de Madri. Os soberanos no placar estavam acomodados, trocando muitos passes, sem pressa, enquanto os donos da casa tinham muita dificuldade de chegar pela falta de criatividade.

Após momentos bem mornos e "tranquilos" na partida, finalmente a primeira chance foi criada, e com a equipe que estava atrás no placar, quando El Zhar recebeu de Tito na direita, cruzou rasteiro, Beauvue se antecipou a Varane e desviou de carrinho, mas Casilla fez uma grande defesa, salvando os visitantes.

O Real Madrid só veio chegar com perigo nos minutos do jogo. A primeira chance foi com Isco, que recebeu na entrada da área, girou e finalizou colocado, mas Cuéllar fez boa intervenção. Depois, Bale recebeu mano a mano com o defensor, driblou e chutou forte, cruzado, mas a bola foi para fora.

E praticamente no último lance do jogo, Kovacic tabelou bem com Asensio, invadiu a área e foi derrubado: pênalti para o Real Madrid. O capitão Sergio Ramos foi para a cobrança e bateu com perfeição, no canto, matando o jogo: 3 a 1 Real Madrid.