Confiante, Diego Milito elogia Icardi e crê em retorno da Inter à Champions League

Um dos grandes ídolos recentes da Internazionale e principal nome da última conquista continental do time de Milão, o ex-atacante Diego Milito concedeu entrevista na última sexta-feira (9), no 110º aniversário do clube. À Gazzetta dello Sport, o argentino falou sobre sua relação com a Inter.

"Essas cores estão dentro de mim. Juntamente com os meus companheiros de equipe, consegui escrever a história e conseguir tudo de que um jogador sonha. Eu sei que estou no coração dos torcedores, e eles sempre estarão no meu", afirmou o ex-jogador.

Sem se classificar para a Uefa Champions League desde 2011, a Inter conquistou a competição pela última vez na temporada 2009/10, contra o Bayern de Munique. Na ocasião, Milito marcou os dois gols da final e foi eleito o melhor jogador do torneio. Confiante, o argentino crê que seu compatriota, Mauro Icardi, irá ajudar a equipe interista a retornar para a Liga dos Campeões.

"Eu nem quero pensar sobre isso [sete anos sem disputar a Champions League]. Chegar lá é muito importante e seria como ganhar o Scudetto. Mauro faz muito pelo time e com seus gols, tenho certeza que retornaremos à Champions", comentou.

Com a reta final do campeonato se aproximando, o time comandado pelo técnico Luciano ​Spalletti ainda briga por uma vaga no principal torneio continental da Europa. Atualmente no quinto lugar, com 51 pontos, a Inter segue de perto Roma e Lazio, que estão há menos de três pontos à frente em terceiro e quarto lugar, respectivamente. Para Diego Milito, os nerazzurri terão uma disputa complicada, mas com o benefício de não estarem disputando nenhuma competição além da Serie A.

"Será uma briga com os dois clubes romanos. Temos a vantagem de não estar em outras competições", destacou. "É verdade que eles podem ter um entusiasmo nelas, mas elas também podem tirar energia e o fôlego para continuar na briga", concluiu.

A Internazionale entra em campo neste domingo (11) para enfrentar o vice-líder Napoli, às 16h45, em Milão

VAVEL Logo