Após equilíbrio no jogo de ida, Roma recebe Shakhtar por vaga nas quartas da UCL

Após equilíbrio no jogo de ida, Roma recebe Shakhtar por vaga nas quartas da UCL

Italianos têm missão de reverter derrota por 2 a 1 dentro de casa em confronto com presença forte de brasileiros

gabriel-menezes
Gabriel Menezes

O confronto entre Roma x Shakhtar Donetsk pode muito bem ser visto como um Itália x Ucrânia nas oitavas de final da Uefa Champions League, mas tem uma sotaque brasileiro fortíssimo no enredo. Depois da derrota por 2 a 1 no jogo de ida, os giallorossi nem precisam "fazer um carnaval" no Olimpico: uma vitória por 1 a 0 garante a passagem às quartas de final da competição europeia.

Com todos os componentes à disposição depois da vitória por 3 a 0 sobre o Torino, o "mestre de bateria" Eusebio di Francesco deve manter a Roma em seu tradicional esquema de 4-3-3 para enfrentar o Shakhtar, que também conta com uma fortíssima ala brasileira: Ismaily, Fred, Taison, Marlos - naturalizado ucraniano recentemente - e Bernard, todos titulares. Os clubes entram na avenida - ou no estádio - às 16h45 desta terça-feira (13).

Juan Jesus destaca importância de confronto: 'Jogamos pela nossa temporada'

A Roma praticamente não tem mais ambições dentro do futebol italiano na temporada 2017/18. Eliminada da Copa Itália pelo Torino, a equipe da capital também já não tem mais chances reais de conquistar o título da Serie A. Por conta disso, o zagueiro Juan Jesus destacou a importância do jogo contra o Shakhtar.

"Vai ser um jogo muito complicado, porque temos que conseguir passar para a próxima fase. Estamos jogando pela nossa temporada e podemos fazer história, porque a Roma não chega às quartas há algum tempo. E isso nos daria muita confiança e satisfação por atingir nossos objetivos. Tomara que consigamos nos classificar, faria a noite ser incrível", afirmou o brasileiro, em entrevista ao programa oficial de jogo da Roma.

Em relação ao time que irá a campo, não há muitas surpresas. Di Francesco deve escalar a equipe com Alisson; Florenzi, Manolas, Fazio e Kolarov; De Rossi, Strootman e Nainggolan; Ünder, Perotti e Dzeko. Fazio e Dzeko, suspensos, e Perotti, poupado, não participaram da partida contra o Torino, na última sexta (9).

Marlos garante que Shakhtar estudou fraquezas da Roma e promete melhora

Segundo Marlos, um dos principais jogadores do Shakhtar, a equipe ucraniana deve apresentar um futebol mais vistoso no Olimpico, uma vez que, na partida de ida, ainda faltava ritmo de jogo aos atletas. Àquela ocasião, o time de Donetsk tinha feito apenas uma partida na temporada da liga ucraniana.

"Sabemos que vai ser difícil. Esperamos jogar nosso futebol de sempre. Se você assistir ao futebol ucraniano, vai ver que gostamos de nos impôr. Tentaremos ser o time que sempre somos. Antes do jogo de ida, tínhamos jogado só uma vez pela liga, e por isso não fizemos uma partida perfeita. Estudamos as fraquezas e forças da Roma e esperamos mostrar isso amanhã", indicou o meia-atacante.

Também sem muitas surpresas, a equipe que o português deve mandar a campo na Itália é a seguinte: Pyatov; Butko, Ordets, Rakitsky, Ismaily; Fred, Stepanenko; Marlos, Taison, Bernard; Ferreyra.

VAVEL Logo

    Futebol Internacional Notícias

    há um dia
    há um dia
    há um dia
    há 2 dias
    há um dia
    há 2 dias
    há 2 dias
    há 2 dias
    há 2 dias
    há 2 dias
    há 2 dias