Schmeichel falha na prorrogação, Chelsea vence Leicester e avança na Copa da Inglaterra

Goleiro teve um erro crucial para a eliminação ds sua equipe

Leicester
1 2
Chelsea
Leicester: Schmeichel; Simpson (106' Silva), Morgan, Maguire, Chilwell; Ndidi, Iborra (106' Diabate), Mahrez, Albrighton (115' Gray); Iheanacho (67' Okazaki), Vardy
Chelsea: Caballero; Azpilicueta, Christensen (101' Cahill), Rudiger; Moses, Bakayoko (45' Fàbregas), Kanté, Alonso; Willian (91' Pedro), Hazard, Morata (105' Giroud)
Placar: 42' Morata (CHE), 76' Vardy (LEI), 105' Pedro (CHE)
ÁRBITRO: Craig Pawson | AMARELOS: 24' Maguire (LEI), 45' Bakayoko (CHE), 89' Moses (CHE)
INCIDENCIAS: Partida válida pelas quartas de final da FA Cup disputada no King Power Stadium, em Leicester, Inglaterra

O Chelsea é a última equipe a garantir a classificação para as semifinais da Copa da Inglaterra. Os Blues visitaram o Leicester neste domingo (18), no King Power Stadium, e conseguiram a vitória por 2 a 1 na prorrogação. A equipe londrina saiu na frente com Álvaro Morata, que não marcava desde o dia 26 de dezembro. Os Foxes chegaram ao empate com Vardy, já na segunda etapa, levando o jogo para a prorrogação. Na prorrogação, uma mudança do técnico Antonio Conte gerou resultado. Descansado, Pedro aproveitou a falha do goleiro Schmeichel e garantiu a vitória para sua equipe.

Os dez primeiros minutos foram muito equilibrados. Os donos da casa eram mais incisivos, com ataques mais rápidos. Logo aos dois minutos, Albrighton arrematou da entrada da área, assustando Caballero. Chegando aos 20 minutos de partida, os Blues, mesmo com maior posse de bola, ainda não havia finalizado. Só aos 26 aconteceu o primeiro chute. Morata recebeu na entrada da área de Marcos Alonso e finalizou forte, mas em cima de Schmeichel, que fez tranquila defesa.

A primeira etapa seguiu com poucas emoções, muita disputada no meio campo e poucas chances de gol. Seguro em sua defesa, o Leicester não dava espaço para o Chelsea. Porém, essa segurança falhou já no final da primeira etapa. Os foxes saiam num contra ataque aos 42, quando Mahrez foi desarmado no campo de ataque. Depois da roubada, Willian recebeu o passe e arrancou até o circulo central e lançou Álvaro Morata. O espanhol acelerou até a grande área e tocou na saída de Schmeichel, abrindo o placar. Com este gol, os Blues levaram a vantagem mínima para o intervalo.

Álvaro Morata encerrou o jejum que durava desde dezembro de 2017 (Foto: Michael Regan/Getty Image)
Álvaro Morata encerrou o jejum que durava desde dezembro de 2017 (Foto: Michael Regan/Getty Image)

Precisando buscar o empate para não ser eliminado, o Leicester iniciou a segunda etapa no campo de ataque. Logo aos sete, Ndidi encontrou Vardy em excelente posição na área e fez cruzamento perfeito. O camisa 9, no entanto, cabeceou muito mal e mandou para fora. Chegando a metade da segunda etapa, o confronto ganhou equilibrio e o Chelsea já não cedia tantas oportunidades aos donos da casa.

O Leicester ficava com a bola, mas não finalizava. Porém, aos 30, um bombardeio. Iborra tentou uma vez e foi bloqueado, na segunda, Caballero fez grande defesa. No rebote do goleiro do Chelsea, Vardy finalizou livre e empatou a partida.

Depois do gol, a partida ganhou emoção e os dez minutos finais, as duas equpes buscaram a vitória. Primeiro Morata acerta a trave em um chute de letra, depois Vardy invadiu a área em velocidade e chutou forte. Caballero, conseguiu fazer boa defesa. Apesar disso, nenhuma das equipes conseguiu marcar e o jogo foi para prorrogação.

Depois de um bombardeio, o matador empatou a partida (Foto: Michael Regan/Getty Images)
Depois de um bombardeio, o matador empatou a partida (Foto: Michael Regan/Getty Images)

Na prorrogação, as duas equipes mostraram um cansaço e não conseguiam levar perigo ao gol adversário. O primeiro chute aconteceu aos 10 minutos. Pedro recebeu dentro da área, mas finalizou mal. Faltando um minuto para fim do primeiro tempo da prorrogação, Kanté manda pra área, Schmeichel sai mal e Pedro ganha de cabeça, colocando o Chelsea a frente.

Pressão do Leicester no início da segunda etapa da prorrogação. Logo com um minuto um bombardeio na área do Chelsea. Depois de cobrança de falta, aconteceu um bate-rebate perigos, com chutes de Diabaté, Mahrez e Vardy explodindo na zaga, e bola fica com Caballero. Depois, os foxes começaram a trocar muitos passes, mas não finalizaram. Assim, os Blues garantiram a vitória por dois a um.

Agora, o Chelsea enfrenta o Southampton na semifinal da competição. O outro duelo será entre Tottenham e Manchester United. As duas partidas decisivas acontecem no dia 21 e 22 de abril no estádio Wembley.

Agora Leicester tem duas semanas para juntar os cacos e focar na Premier League. No sábado, 31, os foxes vão até o Falmer Stadium enfrentar o Brighton & Hove Albion às 11h (horário de Brasília). Já o Chelsea, joga um dia depois. Recebe no Stamford Brigde o Tottenham às 12h (horário de Brasília).