Tigre e Independiente empatam e Unión vence: a segunda-feira na Superliga
DIvulgação: Club Atlético Independiente/Twitter

Nesta segunda-feira (19), dois jogos fecharam a 20ª rodada da Superliga Argentina 2017/18. No primeiro jogo do dia, o Banfield recebeu o Unión Santa Fé no Florencio Sola, e foi derrotado por 2 a 0, com gols de Pitton, aos 29', e Fragapane, aos 43'. Mais tarde, Tigre e Independiente empataram por 1 a 1, no José Dellagiovanna. Aos 32', Silvio Romero abriu o placar, mas os mandantes empataram com um gol de Federico González, aos 73'.

Unión bate o Banfield como visitante e sobe na tabela

Divulgação: Club Atlético Unión/Twitter
Divulgação: Club Atlético Unión/Twitter

Para um técnico, uma das melhores sensações é ter a certeza de que o planejado no vestiário foi exercido com sucesso por seus comandados em campo. Este foi o caso de Leonardo Madelón. Jogando fora de casa, o Unión mostrou-se íntegro e contundente, e bateu facilmente um Banfield, que não esteve inspirado e pouco fez.

O Unión impôs-se desde o começo da partida, controlando e trabalhando bem a bola. O ataque, que tantos frutos tem dado ao Tatengue, foi sempre uma ameaça para a defesa do Banfield. Franco Fragapane, homem do jogo, não tardou em detectar o espaço que havia nas costas do lateral-direito Gonzalo Bettini e a partir dali, começou a assustar o goleiro Facundo Altamirano.

A superioridade do Unión, mostrada desde o início, se traduziu no marcador. Aos 29', outra vez o lado direito ficou descoberto e Lucas Gamba cruzou, Mauro Pittón apareceu na área e marcou o 1 a 0. Em jogada parecida, aos 43', os dirigidos de Madelón chegaram na área novamente. Desta vez, pelo lado esquerdo, Brian Blasi cruzou para Franco Fragapane ampliar a vantagem: Unión 2 a 0. 

Demasiados golpes para um Banfield que apenas teve alguns lampejos de bom futebol e ousado nos pés de Pablo Mouche, que era o único a gerar algo diferente ofensivamente. Já no segundo tempo, melhorou com a entrada de Jesús Dátolo, quem se transformou no condutor do Banfield, deu ao time gás novo e criatividade e partir dele, o time foi mais profundo e pela primeira vez, assustou. Mas o Unión se segurou, resistiu e levou um bom triunfo que o permite estar a apenas dois pontos da zona de classificação para a Libertadores de 2019

Na próxima rodada, o Banfield, que ocupa a 17ª colocação, com 25 pontos, visita o Huracán. Enquanto o sétimo colocado Unión, que possui 34 pontos, recebe o San Martín.

Romero marca seu primeiro gol pelo Independiente, mas vê seu time distanciar-se da briga pelo título

A principal partida da noite se jogava em Victoria. O Independiente buscava seu quarto triunfo consecutivo, para entrar de vez na briga pelo título, enquanto o Tigre, entrou em campo pra melhorar seu promedio, ultrapassar o Patronato e respirar em relação ao descenso. 

Ao contrário do que a equipe de Ariel Holan está acostumada, o jogo começou com ambos times em ritmo abaixo do esperado, se estudando muito e com baixa precisão.

Foi o conjunto local que comandou grande parte dos primeiros 45 minutos e teve a primeira chegada clara. Aos 14', um erro defensivo do Rojo terminou em finalização de Federico González na trave. 

Aos 29', González teve nova oportunidade, mas voltou a falhar. Matías Pérez García comandou o ataque desde a direita até o meio-campo, tocou para Diego "Cachete" Morales, quem não viu González livre e terminou finalizando muito mal.

Três minutos depois, em sua primeira chegada clara, o Independiente abriu o placar: o equatoriano Fernando Gaibor lançou Silvio Romero de forma primorosa, e com um potente chute de direita, o ex-América marcou seu primeiro gol pelo clube. O Rojo terminou a primeira etapa vencendo graças sua principal virtude: a eficácia.

O segundo tempo foi ainda mais disputado, porém lhe faltou futebol. Atuando de maneira ofensiva, o Tigre teve méritos para empatar, mas antes disso, sofreu. Aos 20', Jonás Gutiérrez pôde definir a partida, mas seu chute, que tinha endereço, desviou em Menossi e saiu em escanteio. 

O gol do Tigre chegou aos 28', produto da paciência e de uma grande jogada coletiva que terminou entre Sebastian Prediger, Carlos Luna e Federico González. "Chino" Luna finalizou após passe do ex-Boca, e no rebote de Albil, o camisa 9 empatou a partida.

Já com o empate garantido, qualquer um poderia passar à frente pelo futebol apresentado, mas a chance mais clara teve o Rojo aos 42'. Romero definiu muito mal, mano a mano com Chiarini, depois de lançamento de Nicolás Domingo. O empate foi um resultado bem justo.

Com o empate, o Tigre chega aos 16 pontos e ocupa a 24ª posição. Na tabela dos promedios, o clube está à frente de cinco clubes, entre eles o Vélez, e seguirá na busca pela permanência na elite. Na próxima rodada, visita o Newell's Old Boys.

Já para o Independiente, este empate teve sabor amargo, já que com 36 pontos, fica atrás do líder Boca Juniors, porém o clube ainda tem um jogo a menos - contra o San Lorenzo. Após a data FIFA, recebe o Atlético Tucumán.

VAVEL Logo