Lesões criam dor de cabeça para Hervé Renard, treinador de Marrocos

Técnico francês já teve duas baixas confirmadas, outros dois jogadores tem lesão de grau leve e seguem com o grupo

Lesões criam dor de cabeça para Hervé Renard, treinador de Marrocos
Foto: Jean Catuffe | Getty Images

Na última quinta-feira (21), o médico da seleção marroquina, Abderrazak Hifiti, divulgou um boletim sobre a situação de quatro jogadores, que estavam na lista de convocados do técnico Hervé Renard, mas devem ser desfalques para os amistosos diante de Sérvia e Uzbequistão.

Dois jogadores já tiveram seus cortes anunciados, o primeiro foi o goleiro reserva Yassine Bounou, do Girona, que nem chegou a treinar com o grupo, devido a uma lesão muscular diante do Real Madrid, antes de viajar para Turim, onde a seleção está treinando.

Outro desfalque certo é Youssef Aït Bennasser, meio-campista do Caen, que tem uma lesão leve, e deve parar por dez dias, prazo que tira suas chances de atuar nos amistosos desse mês; o jogador estava sendo reserva dos Leões do Atlas, mas vinha entrando frequentemente ao longo das partidas.

Ainda restam dois casos mais simples: Yassin Ayoub, do Utrecht, e Achraf Hakimi, do Real Madrid; o primeiro já chegou com uma lesão, mas foi mantido com o grupo e deverá ficar a disposição para os amistosos; já o lateral-direito voltou para Madrid, a pedido do seu clube, que queria checar a gravidade da lesão, mas foi liberado para retornar para a Itália.

Os selecionados de Renard concluem a etapa de treinos nesta quinta-feira, em Vinovo, no Juventus Center, para entrarem em campo na sexta-feira (23), no Olímpico de Turim, contra a Sérvia; o segundo amistoso desta data FIFA está marcado para a próxima terça-feira (27), em Casablanca, contra o Uzbequistão.