Suíça mostra força defensiva e bate Grécia pelo placar mínimo em Atenas

Em amistoso de preparação à Copa do Mundo 2018, a Suíça encarou a Grécia, que não assegurou classificação ao Mundial nesta sexta-feira (23). A partida, que foi disputada no Olímpico de Atenas, terminou com vitória - pelo placar mínimo - dos suíços, com gol solitário marcado por Dzemaili.

Os países voltam a campo, em mais um duelo da data Fifa, na próxima terça-feira (27). Os helênicos vão a Zurique para enfrentar o Egito, em campo neutro no Letzigrund, às 15h, enquanto os helvéticos encaram o Panamá diante de seus torcedores na Swissporarena, em Lucerna, às 14h, ambos no horário de Brasília.

A partida começou bastante equilibrada, com as equipes se estudando e criando poucos lances ofensivos. O primeiro deles veio com os donos da casa, quando Embolo saiu jogando errado e Fortounis aproveitou o descuido, chutando sem muita força, mas bem próxima à trave direita de Sommer.

Mostrando que não iriam ficar trocando passes, os visitantes foram ao ataque e conseguiram criar uma boa oportunidade, porém erraram na conclusão. Seferovic arrancou pelo meio e mandou para Dzemaili, que girou bem o corpo sobre o marcador e chutou forte, mandando sobre o gol.

Suíços levaram a melhor com gol marcado no segundo tempo ()
Suíços levaram a melhor com gol solitário marcado no segundo tempo (Foto: Aris Messinis/AFP/Getty Images)

Nos minutos finais da etapa inicial, a Suíça não abdicou de atacar e, em erro da defesa adversária, chegou perto de abrir o placar. Após bola na pequena área, Sokratis não conseguiu afastar e se atrapalhou sozinho, com a sobra ficando no pé de Embolo. O camisa 7 ficou de frente para a barra, contudo chutou na trave.

Para o segundo tempo, os treinadores resolveram não alterar os times e continuar com a mesma estrutura. Antes mesmo dos cinco minutos, os helvéticos tiveram a primeira chance por meio da bola parada com o lateral-esquerdo Rodríguez. Em cobrança de falta, o jogador chutou firme e rente à trave.

Tardou, mas não demorou para que os suíços conseguissem chegar ao primeiro gol do confronto. Explorando uma falha defensiva dos gregos em cruzamento perfeito de Seferovic, Dzemaili surgiu na pequena área livre de marcação e mandou um belíssimo voleio, sem dar chances de defesa a Karnezis.

Mesmo sem mudar a estrutura, os alvirrubros souberam administrar o que haviam construído e se segurando bem no sistema defensivo. Já o selecionado helênico, por outro lado, não conseguiu demonstrar bom poder criativo e de conclusão das jogadas, fazendo o marcador não ser alterado.

VAVEL Logo