Autor do gol da Suíça, Dzemaili comemora vitória sobre Grécia: "Nossa equipe mostrou caráter"
Camisa 15 garantiu resultado positivo aos suíços em confronto diante dos gregos fora de casa (Foto: Keystone/ASF)

Mesmo sem contar com dois titulares, sendo um deles o meia Shaqiri, principal atleta, a Suíça demonstrou forças fora de casa em amistoso e bateu a Grécia por 1 a 0. Em partida realizada no Olímpico de Atenas, na sexta-feira (23), o meio-campista Dzemaili assegurou a vitória com gol solitário, marcado no segundo tempo.

Satisfeito com a apresentação e o resultado positivo somado longe dos torcedores, o autor do tento único no confronto valorizou o empenho, destacando a correção dos erros cometidos no início. De acordo com o jogador, o mais importante nos jogos de preparação para a Copa será ter foco ao entrar em campo.

"Acho que nós tivemos um bom jogo, considerando que as condições não eram fáceis. Atmosfera no estádio era ruim, os amistosos estão aí para ganhar confiança e então não é ótimo entrar em um sem ter foco. Nossa equipe mostrou caráter e provou que sempre queremos vencer. O jogo foi bom por 15, 20 minutos, mas de repente tivemos problemas e conseguimos recuperar para poder sair com a vitória", afirmou, com o técnico Vladimir Petkovic exaltando a dedicação e versatilidade de algumas peças.

Suíços foram mais eficientes nas finalizações e saíram vitoriosos (Foto: Aris Messinis/AFP/Getty Images)
Suíços foram mais eficientes e saíram vitoriosos ante gregos na Grécia (Foto: Aris Messinis/AFP/Getty Images)

"No gol foi muito bom, como nós conquistamos a bola no tumulto e de imediato começou o contra-ataque. Eu experimentei um pouco com os sistemas porque tenho jogadores diferentes que podem desempenhar papéis diferentes. Breel Embolo é um desses, Blerim Dzemaili também pode ser polivalente", declarou Petkovic, citando a configuração tática como fundamental no duelo.

"Também queríamos fortalecer o meio pois isso será muito importante na Copa do Mundo e temos dois zagueiros que podem avançar e ir nos espaços abertos. É importante que possamos usar táticas diferentes, já que nós queremos testar assim. Nossos adversários também são bem misteriosos, mas estou feliz com o funcionamento e é assim que deve ser", encerrou.

Os helvéticos voltam a atuar, novamente pela data Fifa, já nessa terça-feira (27). O adversário da vez vai ser o Panamá, que foi derrotado pela Dinamarca na quinta-feira (22) também por 1 a 0, às 14h (de Brasília). Os panamenhos estreiam no Mundial e caíram no Grupo G, ao lado de Bélgica, Inglaterra e Tunísia, tendo três dos 24 convocados atuando no país.

VAVEL Logo