Umtiti critica postura da França após derrota de virada para Colômbia
A França perdeu para a Colômbia pela primeira vez na história (Foto: R. Martin/Reuters via L’Équipe)

Parecia que a sexta-feira (23) seria muito boa para a França. No amistoso contra a Colômbia no Stade de France, os franceses abriram 2 a 0 no primeiro tempo com Olivier Giroud e Thomas Lemar, e caminhavam para uma boa vitória sobre os colombianos. Mas eles não contavam com a reação do adversário, que virou a partida para 3 a 2 (gols de Luis Muriel no primeiro tempo e Falcao Garcia e Juan Quintero, de pênalti, no segundo) e acabou com a festa dos Les Bleus. Às vésperas da Copa do Mundo da Rússia, a primeira vitória da Colômbia sobre a França na história serviu de alerta.

Uma das grandes favoritas para a conquista do Mundial e com vários jogadores estrelados, o time do técnico Didier Deschamps recebeu um “tapa na cara” com o resultado. Foi o que disse Olivier Giroud após o apito final. O atacante afirmou que o time não conseguiu competir como deveria, jogou bem apenas no primeiro tempo e precisa se recuperar rapidamente.

Giroud foi um dos pontos positivos do jogo: ao marcar, tornou-se o sétimo jogador da história da seleção a chegar a 30 gols, empatando com Just Fontaine e Jean-Pierre Papin. Agora na lista de artilheiros históricos da esquadra francesa, ele está atrás apenas de Zinedine Zidane (31), David Trezeguet (34), Michel Platini (41) e Thierry Henry (51).

Não conseguimos competir em termos de agressividade, determinação e comprometimento. Precisamos ter algumas qualidades cruciais. Não as tivemos hoje e não sei porque. O jogo dura dois tempos, não apenas um. Não estamos acostumados a perder dessa forma. É um tapa na cara, mas agora tempos a oportunidade de recuperação contra a Rússia na terça”, disse Giroud.

Giroud atingiu marca história ao marcar o 30º gol pela França (Foto: Reprodução/Equipe de France)
Giroud atingiu marca história ao marcar o 30º gol pela França (Foto: Reprodução/Equipe de France)

Capitão da França na partida desta sexta-feira (23), Hugo Lloris também foi duro nas palavras. O goleiro destacou o bom desempenho nos primeiros 30 minutos, mas reprovou a queda de rendimento, em especial no segundo tempo. Ele afirmou também que a França precisa dar mais como equipe e melhorar a parte coletiva, usando como exemplo o desempenho da Colômbia, que conseguiu reverter um 2 a 0 contra para vencer.

Tivemos uma primeira meia hora muito boa e com 2-0, abaixamos o ritmo. É um problema geral. Não vamos apontar o dedo para ninguém porque os erros fazem parte do jogo, mas é claro que na atitude, em geral, temos que fazer mais, em termos de energia e de coração. Nós devemos dar mais. No segundo tempo, estávamos irreconhecíveis. Há muitas lições a serem aprendidas depois de hoje à noite. Devemos olhar para nós mesmos. Temos grandes ambições para a Copa do Mundo, mas não conseguimos jogar como uma equipe hoje. Devemos olhar para a Colômbia também. Eles podem ter menos talento, mas são uma verdadeira equipe. Mesmo com 2-0 contra, conseguiram manter a calma e reverteram o jogo”, disse Lloris.

O relaxamento não começou no segundo tempo, mas muito antes. No 2-1, quando eles começaram a reagir, talvez tenhamos perdido um pouco do controle. O futebol não é só talento e pernas. É também a mente. No segundo tempo, a Colômbia teve mais cabeça do que a equipe francesa”, acrescentou.

Por fim, o zagueiro Samuel Umtiti, que cometeu o pênalti que resultou no terceiro gol da Colômbia, tocou nos mesmos pontos de seus companheiros: necessidade de melhorar coletivamente e de aprender com a queda de rendimento brusca após o primeiro tempo. “Não é normal perder um jogo liderando por 2-0 como nós fizemos. Temos que controlar melhor nossas partidas e melhorar o espírito da equipe. Não fomos bem o suficiente no segundo tempo, perdemos muitas bolas. Por outro lado, podemos aprender com isso. Mas é melhor que aconteça conosco agora do que depois”, declarou.

A França agora vai à Rússia para enfrentar os donos da casa em amistoso nesta terça-feira (27), em São Petersburgo. A equipe está no grupo C da Copa do Mundo, ao lado de Peru, Dinamarca e Austrália.

Capitão da França, Lloris reprovou a atitude do time na derrota (Foto: Reprodução/Equipe de France)
Capitão da França, Lloris reprovou a atitude do time na derrota (Foto: Reprodução/Equipe de France)
VAVEL Logo