Allegri afasta rumores sobre deixar a Juventus: "Tenho contrato até 2020 e estou feliz aqui"
Treinador já foi bicampeão da Serie A e duas vezes vice-campeão da Champions League (Foto: Alessandro Sabattini/Gatty Images)

Massimiliano Allegri, que está no comando da Juventus desde 2014, em quatro temporadas vitoriosas na "terra da bota", concedeu entrevista à Premium Sport, nesta segunda-feira (26).

Durante a conversa, o técnico que fora especulado para assumir a Azzura ao final da temporada esclareceu alguns pontos de tais especulações. Além da seleção italiana, clubes como o Paris Saint Germain e o Arsenal demonstraram interesse no italiano, que já chegou a duas finais de Champions League com a Vecchia Signora nos últimos quatro anos.

Nesta temporada, o comandante bianconero oscilou entre vitórias e empates na Serie A, vendo Napoli despontar na liderança. Contudo, a Juventus se aproveitou de tropeços do seu adversário e agora lidera a competição com 75 pontos, dois à frente dos rivais de Nápoles, com 73.

"No futebol, tudo depende de resultados. Se você ganho, você é bom, se perde, é menos bom.Eu tenho contrato até junho de 2020 e estou feliz aqui", esclareceu Allegri.

Ainda na entrevista, o treinador falou sobre a fase de Paulo Dybala, que não foi convocado por Jorge Sampaoli para a Seleção Argentina, o que levantou especulações sobre a possibilidade de ficar fora da Copa do Mundo, em junho.

"Não ser convocado dessa vez precisa servir de motivação para ele. Dybala tem qualidade para ir à Copa e eu acho que ele estará entre os convocados para o Mundial", finalizou. Allegri.

A convocação oficial sai em maio, um mês antes do início do torneio. Nesta data Fifa, Dybala e o atacante Mauro Icardi ficaram de fora, aumentando a desconfiança quanto a lista do treinador argentino que já declarou que Dybala não pode jogar ao lado de Messi por questões táticas.

VAVEL Logo