Por decisão da Fifa, Munir não poderá defender Marrocos na Copa do Mundo

A Federação Marroquina de Futebol (FRMF) tinha a intenção contar com Munir El Haddadi para a Copa do Mundo 2018, mas isso foi frustrado pela Fifa. A entidade recusou o pedido, em decorrência de uma convocação do jogador para a Seleção Espanhola, em 2014.

Hoje no Deportivo Alavés, Munir teve um início de carreira triunfal. O atacante fez boas atuações na pré-temporada do Barcelona, em 2014, e gerou grandes expectativas nos torcedores, que acreditavam ser mais uma revelação de La Masia que brilharia entre os profissionais, o que não se confirmou.

Ainda naquela época, o jogador foi chamado por Vicente del Bosque, então técnico da Seleção Espanhola, para substituir Diego Costa, que tinha sofrido uma lesão e desfalcaria o grupo para o confronto diante da Macedônia. Neste jogo, o jovem teve a oportunidade de atuar por poucos minutos, mas que foram suficientes para eliminar as chances de ser convocado por Marrocos.

Na época, Munir comentou sobre a decisão e declarou que sempre foi seu sonho defender a Roja, fato que foi lembrado por muitos marroquinos, que ficaram divididos com o desejo do jogador de fazer parte das convocações da seleção africana.

“Jogar com a Espanha é o que eu sempre quis fazer. Acompanhei esta seleção desde que era muito pequeno, e agora só tenho que agradecer aos meus amigos e familiares por me apoiarem nesta decisão”, disse na época.

Sem o espanhol, os comandados de Hervé Renard entram em campo nesta terça-feira, para enfrentar o Uzbequistão, às 16h, este será o último teste antes da divulgação da lista oficial para a disputa da Copa do Mundo.

VAVEL Logo