Depois de Bruno Peres, Nainggolan leva multa e fica proibido de dirigir por um mês

O meio campista Radja Nainggolan, da Roma, recebe multa de 1.600 euros e está temporariamente proibido de dirigir. O atleta foi encontrado atrás dos volantes sob efeito de álcool em março do ano passado, momentos depois da partida entre Bélgica e Grécia válida pelas eliminatórias para a Copa do Mundo.

Segundo o Nieuwsblad, o jogador estava a caminho de casa em um carro alugado depois de passar a noite no clube com amigos. O jogador alegou em sua defesa que não conduzia o veículo naquela ocasião, e tudo tinha sido apenas um mal entendido. “Eu não dirigi. O carro parou com um pneu furado e por acaso eu estava atrás do volante", relatou o jogador que agora está sentenciado a um mês de proibição em dirigir.

Casos como esse de Nainggolan com negligências não é recente. O jogador de 29 anos já deixou de ser relacionado do elenco da seleção belga pelo técnico Roberto Martinez por conta de seu vício em fumar. Anteriormente, em outra situação, o jogador precisou pedir desculpas por postar em sua rede social um vídeo em que o próprio estava embriagado e fumando.

Roma já viu casos parecidos em seu elenco

Em fevereiro deste ano, Bruno Peres, lateral dos giallorossi, sofreu um acidente de carro. O jogador não teve fraturas, porém foi multado em 800 euros devido a estar alcoolizado. A substância foi descoberta após o acidente, Bruno ter feito o bafômetro, que mostrava que ele estava com a quantidade de álcool no sangue acima do permitido.

Como punição, a Roma convocou o jogador para um dia de treino, sendo que toda a equipe tinha recebido folga. Além de que o atleta foi afastado na partida seguinte do clube.

VAVEL Logo