Bayern pretende pagar R$ 170 milhões para contar com James Rodríguez em definitivo
Foto: Divulgação/FC Bayern München

Segundo jornal espanhol Marca, o Bayern de Munique irá exercer o direito de compra para ter o meia James Rodríguez em definitivo no seu elenco, que já conta com diversas estrelas mundiais. Na janela do meio de 2017, o time alemão assinou um contrato de duas temporadas com o jogador, por empréstimo. 

Com boas atuações no clube e na seleção, a diretoria do Bayern pensa seriamente em pagar os € 42 milhões (R$ 170 milhões), que é o valor da multa contratual acordada entre os dois clubes. Somando um gasto superior a R$ 220 milhões – já que foi preciso pagar R$ 13 milhões para contar o jogador por empréstimo.

No comando do atual treinador, Jupp Heynckes, o colombiano apresentou boas partidas durante a temporada, marcando gols e dando assistências. O jogador possui contrato até junho de 2019 com o Bayern, mas se tudo correr bem, esse vínculo será estendido.

O jornal espanhol ainda destacou o fato do jogador estar bem adaptado à cidade alemã, fazendo com que queira permanecer na equipe da Baviera. Na atual temporada, o atleta tem cinco gols marcados e 11 passes para gol.

James Rodríguez começou sua carreira como jogador em 2006, no Envigado FC, um clube de elite do Campeonato Colombiano. Dois anos depois se transferiu para o Banfield, da Argentina, onde teve boas atuações na Copa Libertadores da América, chegando a marcar contra Nacional (URU) e Internacional de Porto Alegre, dois gigantes do continente. 

Em 2010, foi para o centro mundial do futebol, a Europa, onde assinou um contrato de quatro anos com o FC Porto, de Portugal. Após três anos de destaque no clube português, transferiu-se para o Monaco, clube do principado francês. Lá teve seu nome lembrado pelo treinador da seleção colombiana, José Pékerman, para disputar a Copa do Mundo da Fifa de 2014, no Brasil. 

O atleta foi um dos melhores do torneio mundial, chamando a atenção do gigante Real Madrid, que o adquiriu por € 45 milhões, valor da multa rescisória com o Monaco. Chegou com grande destaque no início: titular da equipe, boas participações e títulos conquistados. Porém, com a chegada de Zidane, o colombiano perdeu espaço no time titular e acabou deixando a equipe por empréstimo para o Bayern de Munique.  

VAVEL Logo