Técnico da Inter, Spalletti admite frustração após empate: "Três pontos significariam muito"
(Foto: Vicenzo Lombardo/FC Internazionale)

Nesta quarta (4), Internazionale e o Milan protagonizaram o Derby della Madoninna. Em partida remarcada da Serie A, os rivais ficaram no 0 a 0, mas a equipe nerazzurri saiu com o sentimento que deixou escapar os três pontos, principalmente por conta das chances perdidas por Mauro Icardi.

O técnico interista Luciano Spalletti concedeu entrevista após o jogo e se mostrou satisfeito com a atuação, apesar da frustração com os gols perdidos. Para o comandante, o desempenho no dérbi foi aprovado e tem que servir de exemplo para os próximos jogos.

"Eu me sinto. A equipe mostrou que sabe o que fazer e isso é bom. O resultado vem depois", afirmou.

“Fizemos um bom jogo e temos que repetir isso nos jogos restantes, enquanto temos a implacabilidade certa. Se não, vamos voltar para aquele momento em que as pessoas falam sobre a habilidade técnica e haverá outro pandemônio."

Enxergando uma Inter mais fortalecida nessa reta final e cada vez mais projetada para a reta final, o treinador relembrou seus julgamentos aos jogadores no passado, mas ressaltou a confiança do elenco. Mesmo com os problemas nas tomadas de decisões, a competência do elenco foi exaltada por Spalletti.

"Eu já fui crítico no passado, dizendo que não jogamos bem, mas agora vejo um Inter forte e estou confiante para o futuro. Estou feliz com o que eles estão fazendo em campo, porque no momento isso é irrepreensível", comentou o treinador ao Premium Sport.

"Há momentos em que precisamos manter a bola onde está, em vez de movê-la para áreas onde somos numericamente inferiores. Temos que melhorar e analisar isso, mas a equipe demonstrou personalidade", complementou.

Ainda comentando sobre as falhas da equipe e as escolhas erradas que os jogadores tem feito, os cruzamentos tem incomodado o treinador. Em seu discurso, Spalletti pregou recuperação e uma melhora rápida, tendo em vista que o time está apenas dois pontos a frente da Lazio na tabela.

“Ainda há coisas que podem ser melhoradas, mas precisamos fazê-lo rapidamente. O aproveitamento nos cruzamentos é muito pouco. Perisic cobrou 10 da esquerda, Cancelo e Candreva realizaram outros da direita, mas nós não criamos", afirmou.

Questionado sobre as chances perdidas por Icardi, ele estampou certa decepção, mas preferiu não criticar a atuação do argentino. Os gols fizeram falta para a Beneamata, mas a situação dos dois times na tabela segue a mesma.

“Não há nada que possamos fazer, é decepcionante porque os três pontos significariam muito. Para nós, não mudou nada, conseguimos um ponto e o Milan ainda está oito pontos atrás, mesmo que ainda esteja na luta", afirmou.

VAVEL Logo